Topo

Basquete

Dwyane Wade confirma acerto com Cavaliers e reunião com LeBron James

Lynne Sladky/AP
LeBron James e Dwyane Wade são amigos e foram colegas no Miami Heat Imagem: Lynne Sladky/AP

Do UOL, em São Paulo

27/09/2017 18h33

O ala-armador Dwyane Wade confirmou nesta quarta-feira (27) o acerto com o Cleveland Cavaliers. Pelo Twitter, o ex-jogador do Miami Heat e Chicago Bulls publicou uma carta explicando o novo passo da carreira: buscar o quarto título da NBA na carreira.

"Na esperança de buscar um quarto título, eu cheguei a um acordo com o Chicago Bulls e estou empolgado em compartilhar que integrarei o Cleveland Cavaliers para essa temporada", escreveu. "Não há um lugar melhor para se estar agora para continuar jogando e competindo no mais alto nível. Cleveland acredita nos meus talentos e o que eu posso trazer a um candidato ao título, tanto como jogador quanto como líder. Estou ansioso para me reunir e jogar ao lado do meu irmão LeBron."

Juntos, LeBron James e Dwyane Wade conquistaram dois títulos da NBA, nas temporadas 2011/12 e 2012/13, ambos pelo Miami Heat. A dupla fez uma parceria vitoriosa por quatro temporadas, chegando às finais em todas elas, mas perdendo duas das decisões.

O ala-armador de 35 anos havia rescindido com o Chicago Bulls no último domingo e aguardava a sua liberação para confirmar o acerto com os Cavs, que já era certo desde terça-feira. Wade agradeceu o tratamento dado a ele pelos Bulls, no que chamou de uma decisão difícil.

“Sempre sonhei em jogar pelo Chicago Bulls e me sinto afortunado de ter realizado meu sonho no último ano”, afirmou Wade. O novo reforço dos Cavs não queria permanecer na equipe de Chicago, que iniciou uma reconstrução de seu elenco após trocar o ala Jimmy Butler com o Minnesota Timberwolves.

“Essa foi uma decisão incrivelmente difícil e eu sou muito grato à organização dos Bulls, meus fãs e a comunidade de Chicago por me dar as boas-vindas em casa de braços abertos”, agradeceu o atleta, nativo de Chicago.

Wade iniciou sua carreira no Miami Heat, onde foi selecionado com a quinta escolha do Draft de 2003 e jogou até o ano passado. Após deixar a equipe, assinou com o Chicago Bulls, time em que jogou na última temporada.

Nela, o ala-armador apresentou médias de 18,3 pontos, 4,5 rebotes e 3,8 assistências em 29,9 minutos por exibição na fase de classificação e 15 pontos, cinco rebotes e quatro assistências em 31,7 minutos por exibição nos playoffs.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!