Basquete

Westbrook renova com o Thunder e terá maior contrato da história: R$ 737 mi

Evan Agostini/Invision/AP
Westbrook recebe o prêmio de MVP da NBA da temporada 2016-17 Imagem: Evan Agostini/Invision/AP

Do UOL, em São Paulo

29/09/2017 16h30

O armador Russell Westbrook acertou sua renovação com o Oklahoma City Thunder. O atual MVP da NBA assinou um prolongamento contratual de cinco anos e, segundo a ESPN americana, receberá US$ 205 milhões (R$ 648 milhões) neste período.

Como se tratou de uma extensão do antigo contrato, Westbrook acertou o vínculo mais caro da história da liga, pois os US$ 205 milhões só chegarão ao bolso do atleta a partir da temporada de 2018/19. Ou seja, nos próximos seis anos, Westbrook embolsará US$ 233 milhões (R$ 737 milhões) até a temporada em que ele completar 35 anos.

"Eu disse antes e vou repetir. Não há lugar que eu preferiria estar do que Oklahoma City. Estou honrado de ter a oportunidade de continuar minha carreira com o Thunder. Desde o primeiro dia o apoio que o senhor Bennett (dono do time), Sam (Presti, presidente), Troy e toda organização deram a mim e à minha família tem sido incrível e somos muito gratos. Quando você joga em Oklahoma City você joga diante dos melhores torcedores do mundo, estou ansioso para dar tudo o que tenho, por eles, essa cidade e essa organização. Por que não?", declarou o jogador, após oficializar o acordo, ao site oficial do time.

Havia uma incerteza se Westbrook renovaria seu contrato com o Thunder, equipe localizada no que é chamado um “mercado pequeno” da NBA – Oklahoma City tem pouco mais do que 600 mil habitantes. Com apenas um ano restante de vínculo, o armador vinha de uma temporada histórica, na qual teve um triplo duplo de média por partida: 31,6 pontos, 10,7 rebotes e 10,4 assistências.

Apesar do incrível desempenho individual, o Thunder de Westbrook chegou apenas até a primeira rodada dos playoffs, sendo prontamente eliminado pelo Houston Rockets por 4 a 1 na série melhor de sete. Para esta temporada, no entanto, a equipe mostrou bastante atividade no mercado e realizou duas trocas bombásticas, trazendo como reforços os alas Paul George e Carmelo Anthony, ambos membros da seleção americana de basquete.

A vinda de parceiros qualificados pode ter motivado Westbrook a permanecer na franquia, que perdeu o ala Kevin Durant na última temporada - agente livre, ele optou por assinar com o  Golden State Warriors. 

É possível, entretanto, que o armador fique sem estrelas ao seu lado a partir da temporada 2018/19. Isso porque tanto Paul George quanto Carmelo Anthony têm a opção de não realizarem o último ano de seus contratos no Thunder, testando o mercado da NBA em busca de propostas maiores de outros times.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Bala na Cesta
AFP
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo