Basquete

Contra problemas sociais, jogadores dos Knicks cruzam braços durante hino

Noah K. Murray/USA TODAY Sports
Kristaps Porzingis, Enes Kanter e demais jogadores dos Knicks cruzam braços durante execução do hino americano Imagem: Noah K. Murray/USA TODAY Sports

Do UOL, em São Paulo

03/10/2017 22h20

Com a pré-temporada da NBA em andamento, os protestos durante a execução do hino nacional americano se estenderam a um novo esporte. Nesta terça-feira (3), o New York Knicks entrou em quadra pela primeira vez em preparação para a nova edição da maior liga de basquete do mundo. Quando o hino tocou, todos os jogadores ficaram perfilados e cruzaram braços para chamar a atenção aos problemas sociais do país, como anunciado em um comunicado antes do jogo contra o Brooklyn Nets.

"Atualmente, nosso país enfrenta problemas sérios, como violência armada, pobreza, desigualdade na justiça, acesso à educação e direitos civis", diz o texto. "Juntos como time, vamos ficar de pé durante o hino nacional de braços cruzados, não só como um sinal de unidade, mas também para chamar atenção a esses problemas."

Na NFL, cenas como estas ocorrem desde 2016, mas se intensificaram após o presidente Donald Trump partir em ataque contra esportistas das duas maiores ligas esportivas do país. No que diz respeito a NBA, o político retirou o convite à Casa Branca estendido ao Golden State Warriors, campeão da NBA que já estava reticente sobre comparecer à cerimônia.

Os atletas do basquete, no entanto, são obrigados por regra da NBA a ficarem de pé durante a execução do hino nacional, não podendo se ajoelhar, sentar ou tomar outra atitude, como tem ocorrido - e gerado polêmica - na NFL.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo