Basquete

Finalistas nos últimos anos, Cavs e Warriors têm início preocupante na NBA

Ken Blaze/USA TODAY Sports
LeBron James sofre falta em jogo contra o New York Knicks Imagem: Ken Blaze/USA TODAY Sports

Rodrigo Trindade

Do UOL, em São Paulo

01/11/2017 04h00

Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers polarizaram a NBA nas últimas temporadas. Ambos foram finalistas em 2015, 2016 e 2017. Como esperado, chegaram como favoritos em suas conferências para esse ano, mas ao final do primeiro mês da nova temporada, os dois times tiveram um início abaixo do esperado – especialmente a equipe de LeBron James.

A amostragem, é claro, ainda é pequena, afinal a temporada da NBA teve início no dia 17 de outubro. Mesmo assim, após oito jogos dos Warriors e sete dos Cavaliers, o aproveitamento dos dois times começa é no mínimo decepcionante, dadas expectativas criadas antes do início do campeonato.

A situação dos Cavaliers é a que mais chama a atenção. O time liderado por LeBron tem quatro derrotas, sendo que três delas foram contra equipes apontadas como piores da liga: Orlando Magic, Brooklyn Nets e New York Knicks. A outra foi para o New Orleans Pelicans, time que não foi aos playoffs da Conferência Oeste na temporada passada.

E não foram derrotas insignificantes. Exceto pelos dois primeiros jogos, vitórias contra Boston Celtics e Milwaukee Bucks, os Cavs foram pífios defensivamente cedendo mais de 110 pontos a todos os adversários. Após sete partidas, a equipe de Cleveland é dona do quarto pior índice de defesa da NBA: 109,8, melhor apenas que Minnesota Timberwolves, Dallas Mavericks e Brooklyn Nets.

A seu favor, o Cleveland Cavaliers tem o argumento de que é um novo time em adaptação após a troca com o Boston Celtics por Kyrie Irving. A princípio, o time jogaria com a seguinte escalação: Derrick Rose, Dwyane Wade, LeBron James, Jae Crowder e Kevin Love.

Com uma lesão de Derrick Rose (já recuperado) e Wade assumindo que não deveria ser titular, o técnico Tyronn Lue decidiu retornar a um formato semelhante ao do time dos últimos anos. Tristan Thompson voltou a ser o pivô e JR Smith o ala-armador, sendo Rose a única alteração no cinco inicial do último ano.

As mudanças não devem parar por aí, já que o armador Isaiah Thomas se recupera de lesão no quadril e pode tomar a posição de titular armador da equipe. Dono de um arremesso melhor que o de Derrick Rose, o jogador de 1,75m encaixa melhor em um time que, na prática, é armado pelo ala LeBron James.

Kyle Terada/USA TODAY Sports
Warriors têm tido dificuldades para vencer Imagem: Kyle Terada/USA TODAY Sports

Ao contrário dos Cavs, o Golden State Warriors não tem a desculpa da falta de continuidade para o desempenho abaixo do esperado. Os titulares são os mesmos do time que levou o título no primeiro semestre e o banco foi reforçado com jogadores mais renomados, como o ala-armador Nick Young.

Ainda assim, foram poucas as atuações convincentes desde o meio de outubro. Exceto pelas vitórias sobre o frágil Dallas Mavericks e o freguês Los Angeles Clippers (que perdeu a 12ª seguida para os Warriors), a equipe treinada por Steve Kerr tem tido vida difícil. São cinco vitórias e três derrotas, sendo duas delas em casa.

Um fator para esse início inconstante é o desleixo com a bola. Antes do início dos jogos de terça-feira (31), os Warriors eram os líderes da NBA no quesito turnovers. Foram 141 perdas de posse de bola dos atuais campeões, quase dez a mais que o Utah Jazz, segundo colocado no índice. A falta de cuidado é um fator primordial para o time de Stephen Curry, Kevin Durant, Klay Thompson e Draymond Green ter o quinto pior índice defensivo da competição, empatado com o Phoenix Suns: 108,3.

Conclusões são prematuras, já que ambas as equipes ainda têm mais de 70 jogos pela frente na temporada. Uma "desculpa" que os times podem usar é que a NBA começou mais cedo em 2017, com menos tempo para treinos e uma pré-temporada encurtada.

De qualquer forma, os times donos de Leste e Oeste da maior liga de basquete do mundo nos últimos anos deixaram a desejar neste início de caminhada em busca de mais um título.

* Estatísticas oficiais da NBA e do site Basketball-Reference.com

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Redação
Bala na Cesta
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
EFE
Redação
Reuters
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
EFE
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Topo