Topo

Basquete

Ala do Celtics diz que foi duro ver pais chorarem após lesão assustadora

Do UOL, em São Paulo

02/11/2017 17h38

Gordon Hayward, ala do Boston Celtics, disse que pretende voltar “melhor do que nunca” depois que uma assustadora lesão o tirou de quadra – e do resto da temporada – na partida contra o Cleveland Cavaliers, há duas semanas.

"Me sinto melhor hoje do que me sentia ontem”, disse Hayward em uma entrevista ao programa “Today Show” da TV americana NBC. No lance, o ala caiu de mal jeito e quebrou a perna na altura do tornozelo antes dos cinco minutos de sua primeira partida pelo time. “Emocionalmente, foi difícil para mim.”

Mais difícil ainda foi testemunhar o choro de seus pais, que estavam na arquibancada para ver a partida de estreia do time. “É duro ver seus pais chorarem”, disse o jogador em um dos momentos mais comoventes da entrevista.

Hayward também escreveu um post no Facebook relatando o momento da lesão e os primeiros dias de sua recuperação, indicando que o ex-presidente Barack Obama e o ex-jogador Kobe Bryant lhe enviaram e-mails se solidarizando.

Ele havia assinado um contrato de quatro anos com o Celtic por 128 milhões de dólares depois de sair do Utah Jazz. A cirurgia pela qual ele passou reconstruiu o osso fraturado e os ligamentos rompidos. “Eu lembro de olhar [para o pé] e isso não parecia normal, não parecia certo. Isso vai ficar na minha mente para sempre, olhara para baixo e ver meu pé o lado errado.”

 Por causa da lesão, ele deve perder toda a temporada 2017-2018.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!