Topo

Basquete

Huertas não é liberado, e Augusto Lima pede dispensa da seleção de basquete

Alex Livesey/Getty Images
Marcelinho Huertas em ação durante jogo contra a Espanha na Olimpíada de 2016 Imagem: Alex Livesey/Getty Images

Lucas Pastore

Do UOL, em São Paulo

14/11/2017 15h12

A seleção brasileira masculina de basquete terá dois desfalques para os dois primeiros jogos nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019. O UOL Esporte apurou que o armador Marcelinho Huertas não foi liberado pelo Saski Baskonia para atender à convocação, enquanto o pivô Augusto Lima pediu dispensa para resolver problemas pessoais.

Novo técnico da seleção, o croata Aleksandar Petrovic convocou 14 jogadores para os jogos contra Chile, em Osorno, dia 23 de novembro, e Venezuela, no Rio de Janeiro, no dia 27. O problema é que a primeira partida coincide com compromisso do Baskonia na Euroliga, o que fez o clube não abrir mão de Huertas.

A seleção ainda tenta contar com o armador para o jogo contra a Venezuela. A informação foi publicada pelo "Globoesporte.com" e confirmada pelo UOL Esporte. O estafe do armador, no entanto, não acredita na possibilidade da liberação, já que o atleta terá também compromisso pela Liga ACB, o campeonato espanhol da modalidade.

Augusto Lima, por sua vez, pediu dispensa para resolver problemas pessoais. Seu clube, o Besiktas, da Turquia, não disputa a temporada 2017/2018 da Euroliga.

As Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2019 têm, pela primeira vez, modelo semelhante ao sistema de classificação do futebol, com datas espalhadas pelo calendário. A ideia da Federação Internacional de Basquete (Fiba) não foi do agrado da Euroliga, e jogadores que disputam a convocação, salvo exceções, não serão liberados para nenhuma seleção.

A NBA também não terá brechas em seu calendário durante as datas reservadas pela Fiba para as Eliminatórias, o que também não torna seus jogadores convocáveis salvo exceções abertas pelas franquias da liga profissional americana.

Sem Huertas e Augusto, veja como ficou o elenco da seleção:

Fulvio – Armador – Vasco da Gama
Ricardo Fischer – Armador – Bilbal Basket (ESP)
Yago – Armador – Paulistano
Vitor Benite – Ala-armador – UCAM Murcia (ESP)
Alex – Ala-armador – Bauru
Marquinhos – Ala – Flamengo
Leo Meindl – Ala- Franca
Jhonatan – Ala – Paulistano
Lucas Dias – Ala-pivô – Paulistano
Rafael Hettsheimeir – Ala-pivô – Bauru
Anderson Varejão – Pivô – Sem clube
Lucas Mariano – Pivô – Vasco da Gama