Topo

Basquete

Ex-mulher é presa acusada de assassinar jogador da NBA em 2010

Do UOL, em São Paulo

16/12/2017 18h44

A ex-mulher do ex-jogador da NBA Lorenzen Wright foi presa neste sábado (16) acusada de ter conexão com o assassinato do jogador, ocorrido em 2010. Sherra Wright-Robinson é a segunda pessoa presa no mês em relação ao fato - em cinco de dezembro, Billy Turner, de 46 anos, também foi encarcerado. As informações são da Associated Press. Leia mais

Turner era diácono na igreja em que Sherra Wright-Robinson fazia atendimento em Memphis-Tennessee. Até agora o caso não tinha sido resolvido pela polícia. Uma arma que teria sido usada no crime foi encontrada em um lago. 
 
ASSASSINATO
 
Lorenzen Wright sumiu em 18 de julho de 2010. O corpo do ex-atleta foi encontrado com sinais de decomposição 10 dias depois da sua morte, assassinado com cinco tiros. Ele tinha 34 anos quando foi morto. 
 
Lorenzen Wright iniciou a carreira na NBA em 1996, vestindo a camisa do LA Clippers. O jogador ainda passou por Atlanta, Memphis, Sacramento e Cleveland antes de encerrar a carreira na temporada 2008/2009.