Topo

Basquete

Clippers fecham troca de impacto na NBA e mandam Griffin para os Pistons

Harry How/Getty Images
Blake Griffin em de suas especialidades: a enterrada Imagem: Harry How/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/01/2018 08h10

O Los Angeles Clippers fechou uma troca que movimentou o mercado da NBA na noite da última segunda-feira e culminou com a saída de seu principal jogador, Blake Griffin, para o Detroit Pistons.

Além de Griffin, pivô que defendia os Clippers desde que foi draftado em 2009, a franquia californiana enviou para os Pistons os alas-pivô Brice Johnson e Willie Reed. Em troca, receberá o ala Tobias Harris, o ala-armador Avery Bradley, o pivô Boban Marjanovic, uma escolha de primeira rodada no draft de 2018 e outra na segunda rodada de 2019.

Aos 28 anos, Griffin seguia como principal jogador dos Clippers, que na atual temporada faz uma campanha regular e, no nono lugar da Conferência Oeste com 25 vitórias e 24 derrotas, luta por uma vaga nos playoffs. O ala-pivô, que tinha média de 22,6 pontos e 7,9 rebotes por partida, tinha renovado recentemente o contrato por cinco anos com a franquia.

"Blake Griffin teve um tremendo impacto nesta organização e seu legado dentro da comunidade de Los Angeles será permanente. Foi um prazer conhecer e torcer por Blake. Desejo-lhe, assim como Brice e Willie, a melhor sorte”, disse Steve Ballmer, dono da Clippers.

A troca também acelera o processo de renovação nos Clippers iniciada com a ida de Chris Paul para o Houston Rockets no início da atual temporada. A dupla comandou a franquia californiana a seis playoffs consecutivos, mas nunca ultrapassou a barreira da semifinal de conferência.

Para os Pistons, a chegada de Griffin é uma esperança para a classificação para os playoffs. A franquia é a nona da Conferência Leste, com 22 vitórias e 26 derrotas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!