Topo

Basquete

LeBron comanda vitória do reformulado Cavs e "estraga" festa para Pierce

Adam Glanzman/Getty Images/AFP
LeBron James em ação contra o Boston Celtics Imagem: Adam Glanzman/Getty Images/AFP

Do UOL, em São Paulo

11/02/2018 20h49

A partida entre Boston Celtics e Cleveland Cavaliers tinha tudo para ser uma enorme festa em homenagem a Paul Pierce, que teve sua camisa aposentada pelo time verde neste domingo em cerimônia realizada no TD Garden.

Porém, LeBron James e seus novos companheiros de time trataram de estragar o clima de felicidade da torcida ao vencer o Celtics por 121 a 99, em uma ótima atuação do camisa 23.

O Cleveland estreou os novos jogadores envolvidos nas recentes trocas do time. Dos recém-chegados, apenas o armador George Hill foi titular, enquanto Jordan Clarkson, Rodney  Hood e Larry Nance Jr. inciaram o jogo no banco.

Em um primeiro tempo marcado pelo equilíbrio entre as equipes, o jogo ficou parelho durante boa parte dos dois quartos iniciais, com vantagens que não passavam de quatro pontos. Porém, nos últimos minutos da segunda etapa, o Cavaliers, comandado por sua estrela máxima, abriu 13 pontos de frente e foi para o vestiário vencendo por 64 a 52.

Com apenas sete minutos de partida, LeBron James assustou a todos ao deixar a quadra com dores no joelho após um encontrão com Aron  Baynes dentro do garrafão. O camisa 23 ficou fora do jogo durante o resto do primeiro quarto, mas retornou pouco depois do início do segundo período.

O equilíbrio da primeira metade não foi nem de longe visto durante o segundo tempo. A defesa do Cavaliers, que vinha sendo o principal problema do time nos últimos jogos, se mostrou bastante sólida e conseguiu parar o potente ataque de Boston, liderado por Kyrie Irving.

No terceiro e no quarto quarto, LeBron colocou a bola debaixo do braço e liderou Cleveland rumo à vitória anotando 24 pontos, 10 assistências e 8 rebotes. No final do último quarto, James foi poupado e ficou mais da metade do período no banco.

Paul Pierce aposenta camisa para eternidade

Adam Glanzman/Getty Images/AFP
Imagem: Adam Glanzman/Getty Images/AFP

Principal líder da última conquista do Boston Celtics, em 2008, Paul Pierce viu o número 34 ser eternizado em um dos banners que ficam suspensos sobre a quadra do TD Garden. 

Pierce viu, ao lado da mãe, esposa e filhos uma série de discursos e a presença de seus companheiros de time, como Kevin Garnett e Rajon Rondo, e o presidente da franquia.

O camisa 34 chegou a Boston em 1998, onde permaneceu durante 15 anos. e é o segundo maior pontuador da história do time, com mais de 24 mil pontos. Em 2008, Pierce foi eleito o MVP (jogador mais valioso) das finais quando venceu o Los Angeles Lakers, de Kobe Bryant, por 4 a 2.

A última vez em que o Celtics havia aposentado uma camisa, foi em 2003 quando a camisa 31 de Cedric Maxwell foi eternizada.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!