Topo

Basquete

Dono do Cleveland Cavaliers muda o tom e agradece LeBron James por título

Aaron Josefczyk/Reuters
Em 2016, James fuma charuto em comemoração dos Cavaliers nas ruas de Cleveland Imagem: Aaron Josefczyk/Reuters

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/07/2018 12h02

A transferência de Lebron James para o Los Angeles Lakers repercute mundialmente. Nesta segunda-feira (2), o dono do Cleveland Cavaliers adotou postura diferente daquela de oito anos atrás e agradeceu ao astro por ter voltado ao time e conquistado o título da temporada 2015/2016.

Dan Gilbert criticou bastante o jogador em 2010 na ocasião da saída para o Miami Heat. Agora, mesmo que exercendo a cláusula de “player option” (dá direito ao atleta de não cumprir o seu último ano do contrato e se tornar agente livre) e deixando os Cavaliers mais uma vez, Lebron foi homenageado pelo ex-patrão.

“A maldição ficou no passado. Ohio foi o lar de uma equipe campeã pela primeira vez desde 1964. Palavras não expressam o significado e o sentimento que essa conquista trouxe para o povo e torcedores. Nada disso teria acontecido se LeBron James não concordasse em voltar para casa e levar os Cavaliers à terra prometida. Toda a franquia agradece pelo momento precioso e por toda a empolgação que ele teve quando liderou a nossa equipe em quatro finais consecutivas da NBA”, afirmou Gilbert.

O astro norte-americano aceitou a oferta de quatro anos de contrato com o Los Angeles Lakers. Pelo acordo, ele receberá 154 milhões de dólares (R$ 595,9 milhões). A camisa 23 dos Cavaliers, inclusive, pode ser aposentada.

“LeBron, você chegou em casa e fez o gol final. Nada além de gratidão e gratidão por tudo o que investiu em cada momento que passou nos Cavaliers. Esperamos ansiosamente pela aposentadoria da famosa camisa 23”, encerrou Gilbert.