Topo

Basquete


LeBron diz que donos de franquias da NFL têm mentalidade escravocrata

Marcio Jose Sanchez/AP
Imagem: Marcio Jose Sanchez/AP

Do UOL, em São Paulo (SP)

2018-12-22T10:33:32

22/12/2018 10h33

LeBron James deu mais uma declaração polêmica sobre a desigualdade racial nos Estados Unidos. O astro da NBA, um dos nomes mais ativos no esporte em questões sociais, expôs uma opinião forte sobre a postura dos donos da NFL [futebol americano] com os jogadores. Para o ala do Los Angeles Lakers, a relação remete ao período de escravidão.

"Na NFL, eles têm um monte de velhos brancos como donos de equipe e com uma mentalidade escravocrata. É como se eles dissessem: 'este é o meu time e você vai fazer o diabo do que eu disser ou nos livramos de você", declarou LeBron ao programa The Shop, exibido na HBO.

"Eu sou muito agradecido pelo comissário que temos na nossa liga [NBA]. Ele não se importa ter um sentimento real e se expressar sobre isso. Não imposta se o Adam Silver concorda ou não conosco, mas ele sempre para e nos ouve. E ele está absolutamente OK em relação a isso se estivermos fazendo de uma forma educativa e não-violenta", acrescentou o camisa 23 dos Lakers.

As críticas do grande nome do basquete mundial à NFL se tornaram comuns nos últimos anos, especialmente desde a briga da liga de futebol americano contra o quarterback Colin Kaepernick.

Hoje sem time, Kaepernick catapultou os protestos sobre as injustiças raciais ao se ajoelhar durante a execução do hino dos Estados Unidos antes das partidas. O quarterback assumiu o papel de protagonista do movimento e recebeu apoio até da Nike.

LeBron James ainda procurou valorizar o papel dos jogadores dentro das ligas "No fim do dia, os jogadores são o que movimentam este navio. Nós é que fazemos este navio ir. Todo domingo, sem Todd Gurley e sem Odell Beckham Jr; sem esses jogadores, esses caras, não é só no futebol. É na NBA também", disse LeBron.

"A diferença entre a NBA e a NFL é que a NBA se importa com o que o jogador acredita, com o potencial disso. Na NFL, é o que você faz para mim domingo, na segunda ou na quinta. Se você não faz, seguimos em frente", encerrou o principal nome do basquete mundial.