Topo

Basquete


Wade se despede de Miami com show, troca de camisas e homenagem de Obama

Do UOL, em São Paulo

10/04/2019 10h45

A noite de ontem (09) marcou o último jogo de Dwyane Wade em casa pelo Miami Heat. E a festa não poderia ter sido melhor. O veterano de 37 anos marcou 30 pontos na vitória da franquia da Flórida sobre o Philadelphia 76ers, por 122 a 99. Apesar do resultado, a equipe ficou sem chances de classificação aos playoffs da NBA.

A emoção tomou conta da AmericaAirlines Arena ao fim da partida. O astro trocou camisa com Jimmy Butler, jogador dos 76ers, com todos os companheiros de time e até mesmo com o filho, Zaire. Wade repetiu o gesto ao longo da última temporada, sempre trocando o uniforme com um jogador de outro time.

"É como se tudo o que eu fiz me trouxesse até esse momento. Todo o trabalho, todas as lesões, cirurgias, momentos difíceis. Como se tudo me trouxesse até aqui. Eu não poderia pedir por um fim melhor para o meu último jogo neste ginásio", afirmou o camisa 3 do Heat após o duelo.

Como se não bastasse, o astro ainda recebeu uma homenagem de Barack Obama. O ex-presidente dos Estados Unidos deu uma declaração durante um vídeo exibido no telão no último quarto do jogo.

"Dizer adeus a uma carreira que adora nunca é fácil. Já passei por isso. No meu caso, não tive escolha", disse Obama.

O ex-presidente não se referiu ao adeus à Casa Branca, mas falou da própria carreira no basquete.

"Os meus joelhos não estavam em condições, tive de abandonar o basquete para sempre. Mas você, pelo contrário, parece sempre em forma. E imagino que deve ser difícil parar depois de uma das mais belas carreiras da NBA".

Wade ainda vai jogar mais uma partida pelo Miami Heat. Hoje, o time encara o Brooklyn Nets, fora de casa.