Topo

Basquete


Astro da NBA recém-aposentado quebrou jejum de 10 anos sem vinho

Do UOL, em São Paulo (SP)

16/04/2019 13h00

O que se fazer ao se aposentar? Quebrar um jejum de dez anos sem apreciar um bom vinho. Esta foi uma das primeiras atitudes do astro Dirk Nowitzki, que encerrou a carreira na NBA após 21 anos pelo Dallas Mavericks. O ala-pivô alemão se vê trabalhando no basquete como treinador ou manager de uma franquia, mas agora quer se concentrar em recuperar o tempo perdido.

Em entrevista concedida ao jornal alemão Die Zeit, Nowitzki revelou o período de uma década de abstinência em relação à bebida. Aposentado desde a semana passada, o futuro hall da fama da modalidade contou sobre como aproveitou os primeiros dias sem as obrigações do mais alto nível do basquete mundial.

"Na semana passada, comi um pouco de bolo e também a minha primeira taça de vinho depois de 10 anos de abstinência. Eu me sinto muito bem", afirmou o agora ex-jogador de 40 anos.

Nowitzki fez mistério em relação ao seu futuro na modalidade durante toda a temporada da NBA. Somente no último jogo em Dallas, o eterno camisa 41 da franquia anunciou publicamente a saída do basquete profissional, postura diferente em comparação a de hoje, quando já planeja o futuro a médio prazo no esporte.

"Depois de um ou dois anos, posso me ver feliz como treinador ou manager. Eu gostaria de ser um mentor de jogadores jovens e acompanhá-los durante toda a carreira sobre a minha maneira", declarou.

Com os Mavericks, Nowitzki conquistou o título da NBA em 2011, ano em que se consagrou o jogador mais valioso das finais. O alemão, convocado 14 vezes para o Jogo das Estrelas da liga, ainda carrega na carreira o prêmio de MVP da temporada 2007.