Topo

Basquete


Pivô dos Blazers se supera e atua com o ombro lesionado por 56 minutos

Do UOL, em São Paulo

2019-05-04T15:44:07

04/05/2019 15h44

O jogo histórico entre Portland Trail Blazers e Denver Nuggets na noite de ontem, decidido após quatro prorrogações, marcou também a superação de Enes Kanter. O pivô dos Blazers, que venceram por 140 a 137 o terceiro jogo da série melhor de sete das semifinais dos playoffs da Conferência Oeste, abrindo 2 a 1, atuou por 56 minutos com o ombro esquerdo lesionado.

"Na primeira prorrogação acho que separei ainda mais o meu ombro", disse o atleta após a partida. "Eu tive que colocar meu braço dentro da minha camisa porque eu não podia carregá-lo. Estou feliz que conseguimos uma vitória. Você tem que sacrificar tudo. Estou orgulhoso dos meus companheiros", acrescentou.

Kanter sofreu a lesão durante confronto com o Oklahoma City Thunder e era dúvida para jogar contra os Nuggets na semifinal da NBA. Apesar disso, ele já atuou por mais de 30 minutos nos dois primeiros jogos da série, além da minutagem na partida de ontem. Vale ressaltar que no basquete é computado o tempo cronometrado, e não o total.

"Seja lá o que for preciso", escreveu o atleta em sua conta oficial no Twitter após o jogo (veja abaixo) -- ele anotou um double-double (18 pontos, 15 rebotes).

Com o ombro ainda mais machucado após atuar no sacrifício, o pivô turco é dúvida para o próximo duelo entre as franquias, que será realizado já amanhã, novamente no Moda Center.