! Com 18 times, NLB mistura NBA com Campeonato Italiano - 04/10/2005 - UOL Esporte - Basquete
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  04/10/2005 - 15h50
Com 18 times, NLB mistura NBA com Campeonato Italiano

Lello Lopes
Em São Paulo

Da logomarca à fórmula de disputa, a Nossa Liga de Basquetebol (NLB), lançada oficialmente nesta terça-feira em São Paulo, é uma mistura da NBA e de algumas ligas internacionais, principalmente a italiana. A competição terá a presença de 18 times no masculino e seis no feminino, e começará no próximo dia 25.

NLB MASCULINA
Conferência NorteConferência
Sul
Paysandu (PA)Corinthians (RS)
CBT Teresinense (PI)Ulbra/Mogi (RS)
Saldanha da Gama (ES)Maringá (PR)
CETAF (ES)Kelket/São José dos Pinhais (PR)
Liga Macaense (RJ)Santa Maria/São Caetano (SP)
Telemar (RJ)Hebraica (SP)
Winner/Limeira (SP) Esportiva Sanjoanense (SP)
Casabranca (SP)Uniara/Araraquara (SP)
Rio Preto (SP)Guarujá (SP)
"Montamos aquilo que talvez seja o começo da solução do basquete. A gente está aqui para apresentar falhas, criticar e apresentar soluções. O grande objetivo da liga é tentar resgatar por todos os meios o sucesso do nosso basquete", disse Oscar, presidente da NLB.

O campeonato demorou seis meses para ser criado. No começo, 44 times se filiaram à NLB, mas após pressões da CBB (Confederação Brasileira de Basquete) o número caiu para 38. Algumas equipes importantes, como Franca, Ribeirão Preto, Paulistano e Uberlândia preferiram continuar disputando os campeonatos da confederação.

Para Oscar, a realização de dois campeonatos simultâneos de basquete pode ajudar a desenvolver o esporte no país. "Hoje temos um quadro de potenciais 40 equipes jogando. Assim, vai sobrar espaço para mais jogadores atuarem. Isso vai ser muito bom para o futuro do basquete nacional e da seleção brasileira", disse o ex-jogador.

NLB FEMININA
Rio Preto (SP)
Piracicaba (SP)
São Bernardo do Campo (SP)
Pindamonhangaba (SP)
Niterói (RJ)
Maringá (PR)
A NLB vai começar no dia 25 de outubro, com o jogo entre Winner/Limeira e Rio/Telemar, em Limeira. O final do campeonato está previsto para maio. Já o Nacional de Basquete, organizado pela CBB, deve começar em 11 de dezembro e acabar em junho.

"A NLB já está fazendo bem para o basquete antes mesmo de começar. Tem uma frase que eu falo muito na minha empresa: 'TBC - Tiraram a Bunda da Cadeira'. Eles (a CBB) já começaram a trabalhar", disse Hortência, vice-presidente de marketing feminino. "Eu vejo essa concorrência (entre a NLB e a CBB) como a minha com a Paula. Uma faz bem à outra."

Misturando a divisão por conferências da NBA com os playoffs do Campeonato Italiano, a NLB tem um regulamento um pouco complicado. Na primeira fase os 18 times foram divididos em duas conferências (Norte e Sul) de nove times cada uma, com jogos em turno e returno dentro da própria conferência. Os oito melhores de cada chave se classificarm para a segunda fase, que será disputada em quatro grupos de quatro times.

Os dois primeiros colocado de cada grupo avançam diretamente aos playoffs. As outras equipes disputam uma repescagem, que irá indicar outros quatro integrantes nos playoffs.

Já o torneio feminino ainda não tem regulamento definido. Apenas seis times vão disputar a competição. "Não sei se a gente pode dizer que seis é um número irrisório, comparando-se com o que tivemos nos campeonatos anteriores (o último Nacional feminino foi disputado por oito times)", disse Paula, vice-presidente de competições femininas.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias