Basquete

Nova temporada da NBA começa com tendência reforçada de "panelas" de astros

Kyle Terada/USA TODAY Sports
Klay Thompson, Draymond Green, Kevin Durant e Stephen Curry posam juntos para foto Imagem: Kyle Terada/USA TODAY Sports

Do UOL, em São Paulo

17/10/2017 04h00

Nesta terça-feira (16), dois jogos dão início à temporada 2017/2018 da NBA reforçando uma tendência da liga profissional americana nos últimos anos: a concentração de estrelas e a consequente formação de super times. Seguindo a tendência de Golden State Warriors e Cleveland Cavaliers, que se enfrentaram nas três últimas finais, Oklahoma City Thunder e Houston Rockets reuniram um elenco de astros para tentar desbancar a hegemonia dos rivais.

Campeões da NBA em 2015 e 2017 e vices em 2016, os Warriors têm quatro dos 12 jogadores eleitos para representarem a Conferência Oeste no Jogo das Estrelas deste ano: Stephen Curry, Kevin Durant, titulares na partida festiva, e Klay Thompson e Draymond Green, que saíram do banco de reservas na ocasião. Além disso, Steve Kerr, treinador da franquia californiana, também treinou a seleção.

Se não bastasse, o elenco dos Warriors ainda tem Andre Iguodala, que disputou o Jogo das Estrelas em 2012 e foi eleito o melhor jogador das finais de 2015.

Principais desafiantes dos Warriors, os Cavaliers, que foram campeões em 2016 e vices em 2015 e 2017, seguem receita semelhante. A franquia perdeu Kyrie Irving (titular da Conferência Leste no Jogo das Estrelas deste ano) para o Boston Celtics, mas em troca recebeu o também All-Star Isaiah Thomas.

Brad Mills-USA TODAY Sports
Kevin Love, LeBron James e Dwyane Wade durante jogo de pré-temporada dos Cavaliers Imagem: Brad Mills-USA TODAY Sports

Além disso, os Cavaliers ainda colocaram no Jogo das Estrelas de 2017 LeBron James, que iniciou a partida como titular, e Kevin Love, que veio do banco de reservas.

Para tentar desafiar os Warriors mais uma vez nesta temporada, a franquia de Cleveland tentou investir em nomes de peso. O armador Derrick Rose, que foi eleito o melhor jogador da NBA em 2011 e disputou o Jogo das Estrelas em 2010, 2011 e 2012, e o ala-armador Dwyane Wade, eleito o melhor jogador das finais de 2006 e escolhido 12 vezes para o Jogo das Estrelas entre 2005 e 2016.

As duas equipes entram em quadra nesta terça-feira: os Cavaliers visitam os Celtics às 22h (horário de Brasília), no primeiro jogo da temporada. Já os Warriors visitam o Houston Rockets à 00h30.

Os desafiantes

Sue Ogrocki/AP
Paul George, Russell Westbrook e Carmelo Anthony posam com a camisa do Thunder Imagem: Sue Ogrocki/AP

Os principais candidatos a terminarem o recente duopólio de Warriors e Cavaliers seguiram a mesma receita de concentração de estrelas. Thunder e Rockets, que tinham claros protagonistas na última temporada, foram buscar astros de outras franquias e encorparam seus elencos.

O Thunder terminou sua última campanha vendo Russell Westbrook ser eleito o melhor jogador na temporada. Mesmo assim, a equipe foi eliminada ainda na primeira rodada dos playoffs ao perder por 4 a 1 para os Rockets. Por isso, resolveu se reforçar, trazendo Paul George, ex-Indiana Pacers, e Carmelo Anthony, ex-New York Knicks.

Com isso, a franquia tem três jogadores que disputaram o último Jogo das Estrelas: Westbrook foi reserva do time do Oeste, e George e Anthony saíram do banco na equipe do Leste.

Os vencedores do prêmio de melhor jogador da temporada nos últimos cinco anos jogam por Warriors, Cavaliers ou Thunder. Westbrook, vencedor em 2017, está em Oklahoma; LeBron James, vencedor em 2009, 2010, 2012 e 2013, e Derrick Rose, vencedor em 2011, estão em Cleveland; por fim, Kevin Durant, vencedor em 2014, e Stephen Curry, vencedor em 2015 e 2016, estão na Califórnia.

Os Rockets também planejaram seu elenco de maneira semelhante. Após concentrar suas ações ofensivas em James Harden, titular do Jogo das Estrelas de 2017, na última temporada, a franquia contratou Chris Paul, vindo do Los Angeles Clippers. O armador, que já disputou a partida festiva nove vezes entre 2008 e 2016, só ficou de fora do All-Star em 2017 por sofrer com lesões no início da temporada.

Michael Wyke/AP
James Harden e Chris Paul se cumprimentam em jogo de pré-temporada dos Rockets Imagem: Michael Wyke/AP

Entre os 25 jogadores que foram para o Jogo das Estrelas de 2017 – Anthony substituiu o machucado Love como 25º - 12 jogam por Warriors, Cavaliers, Thunder ou Rockets. Os Celtics, com Kyrie Irving e Gordon Hayward, o New Orleans Pelicans, com Anthony Davis e DeMarcus Cousins, e o Toronto Raptors, com Kyle Lowry e DeMar DeRozan, são as outras equipes com mais de um jogador na partida.

Jordan é contra; comissário, a favor

Chuck Burton/AP
Adam Silver ao lado de Michael Jordan durante evento do Charlotte Hornets em 2015 Imagem: Chuck Burton/AP

Hexacampeão da NBA e considerado por muitos o maior jogador de basquete de todos os tempos, Michael Jordan, acionista do Charlotte Hornets, não se mostrou favorável à construção de super times. De acordo com o dirigente, a iniciativa desequilibra a liga.

"Creio que vai prejudicar o aspecto geral da liga quanto a um ponto de vista competitivo. Você vai ter um ou dois times que serão excelentes e outros 28 times que serão um lixo. Ou eles terão que enfrentar um duro momento de sobrevivendo no mundo dos negócios", declarou Jordan, em entrevista à revista "Cigar Aficionado".

Comissário da NBA, Adam Silver não concorda com a opinião do ex-jogador e disse que ela é oriunda de seu espírito competitivo, já que os Hornets não têm grandes chances de título nesta temporada.

"Eu ri um pouco porque isso mostra que talvez o atleta mais competitivo da história de todos os esportes esteja um pouco frustrado porque sua equipe não é apontada como favorita ao título neste ano", brincou Silver, em entrevista à "ESPN".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
UOL Esporte
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
UOL Esporte
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Bala na Cesta
Redação
Redação
Bala na Cesta
Redação
Redação
Topo