Esporte

Pacquiao é agredido no estacionamento de restaurante em Los Angeles

AFP PHOTO / NOEL CELIS
Pugilista não chamou a polícia após incidente Imagem: AFP PHOTO / NOEL CELIS

Do UOL, em São Paulo

04/04/2016 13h13

O boxeador filipino Manny Pacquiao foi atacado no estacionamento de um restaurante em Los Angeles, informou nesta segunda-feira (4) o jornal Sun Star, das filipinas, que coletou informações dadas por outros veículos do país. O astro não se feriu.

De acordo com o relato, Pacquiao estava na porta da sua Ferrari quando o agressor avançou sobre ele. O indivíduo foi seguro, mas continuou xingando o pugilista. “Vai se f... Pacquiao”.

A polícia não foi chamada para prender o agressor a pedido de Pacquiao, que mandou seus acompanhantes, que contiveram o desconhecido, o libertarem.

O pugilista está nos Estados Unidos na fase final da preparação para sua próxima luta, a terceira da sua carreia contra o americano Timothy Bradley.

A motivação do seu agressor não foi revelada, porém Pacquiao ganhou antagonistas recentemente, após se posicionar contra o casamento de pessoas do mesmo sexo de uma maneira extrema dizendo até que "gays são piores que animais".

Após os comentários polêmicos, o boxeador pediu desculpas e argumentou que sua fala foi usada fora de contexto, mas manteve sua posição. Pacquiao é político nas Filipinas e concorrerá a um cargo no Senado do país nas próximas eleições.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo