Esporte

Adversário de boxeador que morreu diz que se sente responsável por tragédia

Mark Runnacles/Getty Images
Mike Towell, de azul, em luta no mês de maio Imagem: Mark Runnacles/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

03/10/2016 15h18

Após a morte do boxeador escocês Mike Towell, em decorrência de lesões na cabeça sofridas em uma luta na última quinta-feira (29), seu adversário no combate, Dale Evans, disse que se sente responsável e que pensou em abandonar o esporte.

"Eu me sinto responsável. Não consigo parar de pensar em Mike e em sua pobre família. Está sendo horrível. Só consigo pensar em seu filho de dois anos, sua namorada, sua família que não o terá mais por perto. É algo com o qual terei que conviver", disse Evans à BBC.

O pugilista também disse que cogitou parar de lutar, mas preferiu continuar no esporte e conquistar o título britânico dos meio-médios em homenagem a Towell.

Towell morreu na última sexta-feira (30), aos 25 anos, após ser nocauteado no quinto round por Evans. Ele sofreu hemorragias cerebrais e foi retirado de maca do ringue.

A British Boxing Board of Control, órgão que regula o boxe profissional no Reino Unido, emitiu um comunicado oferecendo condolências à família de Towell e prometendo investigar as circunstâncias que levaram à sua morte.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo