Esporte

Boxeador mexicano é assassinado. Polícia investiga envolvimento de gangues

@supremo_edomex/Twitter
Ulises Hueto Elizalde (à esq) foi assassinador a tiros na quarta-feira; para autoridades, pugilista pode ter sido por engano em meio a guerra de gangues em distrito da Cidade do México Imagem: @supremo_edomex/Twitter

Do UOL, em São Paulo

22/06/2017 15h48

O boxeador mexicano Ulises Hueto Elizalde foi morto a tiros na tarde desta quarta-feira enquanto deixava uma academia na Cidade do México. A informação foi divulgada pela imprensa mexicana, segundo a qual o crime foi cometido por homens mascarados.

De acordo com as primeiras informações, o pugilista de 33 anos deixava o local de treinos no distrito de Iztacalco por volta das 13h (horário local, 15h de Brasília) e caminhava para casa. No trajeto, porém, foi interceptado por dois homens em uma motocicleta que atiraram contra ele pelo menos 12 vezes.

Reprodução
Jornal Milénio (México) noticia onda de assassinatos no país em maio de 2017 Imagem: Reprodução
Segundo exames iniciais, Elizalde morreu vítima de ferimentos no pescoço e no rosto. Autoridades locais afirmam que a área do crime é palco de disputa de gangues, embora não tenha evidências do envolvimento do boxeador. Existe a possibilidade de que Elizalde tenha sido morto por engano.

A morte do boxeador acontece ao mesmo tempo em que autoridades do México registraram o mês de maio mais violento dos últimos 20 anos. Segundo o jornal Milénio, foram 2.186 homicídios dolosos no período, contra 2.131 registrados em maio de 2011.

Em homenagem ao pugilista morto, a Comissão de Boxe Profissional da Cidade do México (Combox CDMX) divulgou nesta quarta-feira uma mensagem de condolências em sua página no Facebook.

“A Comissão de Boxe Profissional da Cidade do México se une no sofrimento que embarga a família do boxeador Ulises ‘El Chispa’ Hueto Elizalde por seu sensível falecimento, esperando que o consolo rapidamente chegue a seus corações. Descanse em paz”, diz o texto.

Em seus registros como lutador profissional, ‘El Chispa’ – ou ‘Faísca’, em português – contava com duas derrotas para Mario Cazares. A primeira, em 3 de dezembro de 2016; a segunda, em 11 de março de 2017.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo