UOL Esporte Ciclismo
 
17/07/2009 - 12h49

Debaixo de chuva, alemão chora ao vencer etapa da Volta da França

Do UOL Esporte
Em São Paulo
CHUVA E CHORO MARCAM O TOUR
AP Photo/Laurent Rebours
Alemão Heinrich Haussler chorou após a vitória na 13ª etapa da Volta da França
AP Photo/Bas Czerwinski
A chuva que caiu no percurso de 200 km atrapalhou ciclistas como Lance Armstrong
VEJA AS IMAGENS DA ETAPA CHUVOSA
MAIS NOTÍCIAS DE CICLISMO
O alemão Heinrich Haussler foi o primeiro colocado na chuvosa 13ª etapa da Volta da França. O ciclista da equipe Cervelo Test chegou mais de quatro minutos à frente do espanhol Amets Txurruka, da Euskatel Euskadi, enquanto a terceira posição ficou com o francês Brice Feillu. O resultado não altera as posições da classificação geral, que ainda tem o italiano Rinaldo Nocetti na posse da camisa amarela.

A 13ª etapa da Volta da França foi realizada entre Vittel e Colmar, em um percurso de 200 quilômetros, marcada por montanhas médias e um trajeto de dificuldade intermediária, mas a chuva que caiu nesta sexta-feira exigiu atenção extra dos ciclistas.

Antes do início da etapa, a equipe Astana, a mesma de Lance Armstrong, recebeu a má notícia de que um de seus integrantes, Levi Leipheimer, havia abandonado a competição por conta de uma fratura no pulso decorrente de um acidente na quinta-feira. O que parecia apenas uma dor normal na quinta se configurou em motivo para desistência do ciclista norte-americano.

A prova foi liderada em boa parte pelo alemão Heinrich Haussler, que integrava o grupo de sete ciclistas que realizu a primeira escapada na prova logo no quilômetro 57. Com aproximadamente 60 quilômetros para o fim, o ciclista alemão conseguiu se desgarrar do grupo da fuga, abrindo folgada vantagem em relaçao ao segundo colocado e vencendo a prova em 4h56m26.

O resultado não alterou a colocação da briga pela camisa amarela. O líder geral da competição segue sendo o italiano Rinaldo Nocetti, da equipe Mondiale, seis segundos na frente de Alberto Contador e oito segundos de Lance Armstrong, ambos da Astana.

Entre a competição dos melhores sprintistas, o norueguês Thor Hushovd retomou a posse da camisa verde do britânico Mark Cavendish e agora tem 5 pontos de vantagem sobre o rival.

Os competidores seguem agora para Colmar, onde o partem para a 14ª etapa em um percurso de 199 quilômetros até Besançon. A partir daí a competição entra na região dos Alpes, tida pelos atletas como decisiva para a conquista do título da principal prova do ciclismo mundial.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host