UOL Esporte Ciclismo
 
13/10/2009 - 09h55

Seringas são achadas, e Astana é investigada por suspeita de doping no Tour

Das agências internacionais
Em Paris (FRA)
  • Contador foi campeão; Lance, 3º

As autoridades francesas começaram uma investigação sobre supostas irregularidades da equipe Astana durante a Volta da França. Será analisado se o time, campeão do Tour com Alberto Contador, teve problemas com doping durante a competição mais tradicional do ciclismo.

O diário local L'Equipe afirmou que o caso foi aberto depois da descoberta de seringas suspeitas em um contêiner dado a todas as equipes, usado para a coleta de material médico.

Nesta temporada, a Astana teve as duas maiores estrelas, em um duelo interno pela camiseta amarela, dado ao líder da classificação geral. O norte-americano Lance Armstrong, voltando de aposentadoria, levou a pior contra o espanhol Alberto Contador, que ficou com o título.

O espanhol ainda tem contrato em vigor com a equipe do Cazaquistão, enquanto o texano deixou o time e fundou uma equipe norte-americana, a RadioShack.

Segundo o jornal francês, um laboratório chamado Toxlab será o responsável por analisar o conteúdo das seringas. Apesar disso, nenhum caso de doping foi confirmado até agora no Tour desta temporada, depois de anos em que a competição foi manchada pelo uso de substâncias ilícitas.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host