UOL Esporte Ciclismo
 
25/05/2010 - 14h37

UCI rechaça acusação de Landis e diz que não houve doping na Volta da Suíça

Das agências internacionais
Em Aigle (SUI)

A União Ciclística Internacional afirmou que nenhum ciclista testou positivo para a substância EPO durante a Volta da Suíça de 2001, rechaçando assim as declarações do norte-americano Floyd Landis.

Em declarações feitas na última semana, Landis, que teve retirado seu título da Volta da França de 2006 por doping e foi suspenso por dois anos da modalidade, afirmou que o heptacampeão do Tour Lance Armstrong testou positivo durante a Volta da Suíça. O resultado teria sido escondido pelos organizadores.

Lance Armstrong foi o vencedor da competição em 2001. A UCI afirma que “nenhum teste revelou a presença do estimulante EPO nas amostras dos ciclistas da Volta da Suíça de 2001. A UCI tem toda a documentação para provar este fato”.

A entidade acrescentou que “categoricamente rejeita qualquer suspeita em relação às partes envolvidas no tema.”

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host