UOL Esporte Ciclismo
 
05/08/2010 - 13h03

Lance Armstrong teria incentivado doping na US Postal Service, diz 'NY Times'

Das agências internacionais
Em Washington (Estados Unidos)
  • O norte-americano Lance Armstrong (e) durante a 2ª etapa da Volta da França 2010

    O norte-americano Lance Armstrong (e) durante a 2ª etapa da Volta da França 2010

O sete vezes campeão da Volta da França Lance Armstrong teria se dopado e incentivado seus companheiros a fazer o mesmo, declarou um ex-colega de equipe do ciclista norte-americano à Justiça do país, segundo publicou o New York Times nesta quinta-feira.

Os juízes federais, explicou o jornal, intensificaram a investigação criminal sobre o caso no mês passado, quando terminou a Volta da França, e interrogaram vários companheiros de equipe de Armstrong, entre os quais vários explicaram de maneira detalhada que o ciclista e colegas da United States Postal Service se dopavam de modo sistemático. Os atletas que deram as declarações pediram para manter o anonimato, informou o NY Times.

Ouvido pelo jornal, um ex-companheiro de Armstrong disse que descreveu à Justiça a maneira como o ciclista se dopava e detalhes da fraude em grande escala, com a participação da US Postal Service. De acordo com o atleta, Lance Armstrong estava consciente e incentivou a prática.

No fim de julho, o ciclista norte-americano Floyd Landis, vencedor da Volta da França de 2006 pego depois por doping, havia afirmado à rede ABC que presenciou atos de doping de Armstrong, incluída transfusão sanguínea.

Armstrong, de 38 anos, vencedor da Volta da França entre 1999 e 2005, sempre desmentiu todas as acusações.
 

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host