Esporte

Após confissão de doping, Lance Armstrong diz que quer voltar a competir no ciclismo

(AP Photo/Courtesy of Harpo Studios/George Burns
Ex-ciclista Lance Armstrong durante entrevista à apresentadora Oprah Winfrey Imagem: (AP Photo/Courtesy of Harpo Studios/George Burns

Do UOL, em São Paulo*

19/01/2013 00h05

Nesta sexta-feira, o programa Oprah's Next Chapter, da rede OWN, exibiu a segunda parte da entrevista exclusiva com Lance Armstrong, na qual o americano admitiu que estava dopado durante a conquista de seus sete títulos da Volta da França. Ciente da repercussão de sua confissão, o ex-ciclista afirmou que se sente humilhado e que tem vontade de competir novamente.

“É claro que me sinto (em desgraça). Mas também me sinto humilhado, me sinto envergonhado. É algo horrível”, declarou.

"Se você me perguntar se quero competir de novo, eu diria que sim. Não na Volta da França, mas existem outras competições por aí. Eu amo a sensação de estar com as pessoas. É por isso que estou fazendo isso (a confissão). E talvez não seja a frase mais popular que eu possa dizer, mas eu acho que mereço isso", avaliou o ex-atleta.

De acordo com Armstrong, o pior momento para ele desde que as acusações de doping ganharam força foi ter de sair da Livestrong, organização que ele presidia e que combatia o câncer. O americano sofreu com a doença em 1996, três anos antes de ser campeão da Volta da França pela primeira vez.

“Foi o momento mais humilhante. Primeiro, por ter de sair da presidência. Mas não era o bastante para as pessoas que nos apoiaram. Semanas depois, veio a outra ligação: ‘você precisa considerar se afastar’. E eu tive de pensar muito nisso. A fundação era como um filho para mim. Tomar essa decisão foi algo grande”, contou. 

VÍDEO MOSTRA ENTREVISTAS EM QUE LANCE ARMSTRONG NEGA DOPING

“Não fui obrigado a sair, mas fui alertado a respeito da pressão que a organização sofreria. Foi a melhor coisa para a organização. Mas foi muito doloroso”, completou, ressaltando que a decisão final de sair foi sua.

O ex-ciclista pediu desculpas às pessoas que compraram as pulseiras da Livestrong e que acreditaram em sua inocência e se comprometeu a tentar reparar os danos que causou ocultando o doping.

“Digo que entendo sua raiva, seu sentimento de traição. Vocês me apoiaram sempre, por todo esse tempo, e eu menti para vocês. Peço desculpas. Estou comprometido a tentar reparar os danos”, disse.

LANCE ARMSTRONG SE EMOCIONA AO FALAR SOBRE SEUS FILHOS

  • AFP PHOTO/HARPO STUDIOS/GEORGE BURNS

    Quando questionado sobre a reação de seu filho Luke, de 13 anos – o mais velho de suas cinco crianças – Armstrong se emocionou pela primeira vez durante a entrevista. O americano explicou as lágrimas dizendo que seus filhos costumavam defendê-lo das acusações de doping.

    “Acredite: eles sabem muito. Mas seus colegas de classe têm sido muito compreensivos. Quando tudo isso começou, vi meu filho me defendendo e dizendo: ‘O que estão dizendo sobre meu pai não é verdade’. Foi aí que eu vi que eu tinha de dizer a ele. E ele nunca me perguntou. Ele confiou em mim”, declarou, em meio a diversas pausas para recuperar o fôlego.

    De acordo com Armstrong, Luke, assim como suas filhas Isabelle Rose e Grace Elisabeth, gêmeas de 11 anos de idade, reagiram bem à confissão do pai.

    “Eles não disseram muita coisa. Eles apenas aceitaram aquilo. Eu disse a Luke para não me defender mais. Ele tem sido incrivelmente calmo e maduro sobre isso", disse.

  • Armstrong também falou sobre sua mãe na entrevista. De acordo com o americano, ele não esperava que ela fosse sofrer tanto com a repercussão do escândalo.

  • "Minha mãe é uma pessoa que não fala do passado. Meu padrasto me ligou e disse que ela estava sofrendo, mas pensei 'ela é uma mulher durona, encarou todos os problemas que passou na vida. Mas eu precisei vê-la para perceber o impacto que isso está causando na vida dela", contou. 

CRONOLOGIA DAS INVESTIGAÇÕES CONTRA ARMSTRONG

  • AFP PHOTO/HARPO STUDIOS/GEORGE BURNS

    2004 - Armstrong é acusado de doping em um livro escrito pelos jornalistas David Walsh e Pierre Ballester.

    2005 - Imprensa francesa acusa Armstrong de usar a substância proibida EPO (Eritropoietina) para vencer o Tour de France. Nada foi comprovado pela ineficácia dos exames.

    2010 - Ex-companheiro de Armstrong, Floyd Landis admite doping e acusa o ex-parceiro de ter feiro o mesmo. Órgão administrativo de Medicamentos e alimentos dos EUA abre processo contra Armstrong.

    2011 - Mais dois ex-companheiros de Lance Armstrong acusam o americano de ter se dopado. Autoridades da Itália, Suíça, França e Espanha apoiam os EUA nas investigações.

    2012 (fevereiro) - Fiscal federal norte-americano encerra investigações sobre o ciclista e a Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) inicia sua própria inquirição.

    2012 (agosto) - Agência Antidoping dos Estados Unidos (USADA) acusa Armstrong de doping com base em exame de sangue e depoimento de ciclistas

    2012 (outubro) - Informativo da USADA de 202 páginas, com mil testemunhos e estudos do caso, acusa Armstrong de ter criado "o programa de doping mais sofisticado da história do esporte". União Internacional de Ciclismo desconsidera as sete vitórias do americano na Volta da França. Nike põe fim em contrato com o ciclista.

    2013 (janeiro) - Armstrong admite ter de dopado e pede desculpas pessoalmente aos integrantes de sua fundação de luta contra o câncer Livestrong.

    2013 (janeiro) - COI anuncia a retirada da medalha de bronze conquistada por Armstrong na Olimpíada de Sydney-2000.

* Atualizada à 01h02

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo