UOL Esporte Ciclismo
 
10/07/2009 - 12h41

Armstrong bate na trave e Nocentini assume liderança do 'Tour'

Do UOL Esporte
Em São Paulo
A Volta da França tem um novo líder. Nesta sexta-feira, a sétima etapa da competição, disputada entre Barcelona e Arcalis, em Andorra, teve como vencedor o francês Brice Feillu. Quem assumiu a camiseta amarela foi Rinaldo Nocentini. Desde 2000, a competição não tinha um italiano como líder.

Christophe Karaba/EFE
Nocentini ficou em quarto lugar na sétima etapa e assumiu liderança geral da Volta
VEJA O ÁLBUM DA 7ª ETAPA DO 'TOUR'
LEIA MAIS NOTÍCIAS DE ESPORTE
Quarto colocado na sétima etapa, o italiano assumiu a primeira colocação geral com uma vantagem de seis segundos para Alberto Contador. O espanhol teve uma boa arrancada no quilômetro final, terminou em nono, mas não foi o suficiente para tomar a primeira colocação.

Feillu cumpriu o trecho de 224 quilômetros em 6h11min31. Seu compatriota Christophe Kern terminou em segundo, seguido pelo alemão Johannes Fröhlinger. Nocentini, da equipe AG2R-La Mondiale, completou o percurso 26 segundos depois do primeiro colocado.

Ao final da sexta etapa, disputada na quinta-feira, o suíço Fabian Cancellara e Lance Armstrong estavam empatados na liderança. O norte-americano perdia apenas nos critérios de desempate. Contador estava em terceiro.

Cancellara, campeão olímpico no contra-relógio em Pequim-2008, apresentou dificuldades no trecho de subida e ficou muito atrás dos primeiros colocados. Contador esteve perto de tomar o primeiro lugar com uma arrancada no último trecho de subida, mas ficou no quase.

Ao menos, o espanhol ultrapassou Lance Armstrong, seu companheiro de equipe na Astana. O heptacampeão do 'Tour' terminou a etapa em 15º, 21 segundos atrás de Contador. No geral, ele está em terceiro.

"Ainda falta muito para o fim. Estava vendo se poderia tirar vantagem para os rivais, pois se eles não tivessem tentado era porque não estavam bem e aproveitei a oportunidade", disse Contador.

Inesperado

Armstrong confessou que a reação de Contador estava fora dos planos. "O ataque dele não era parte da estratégia. Para mim, não foi uma surpresa, pois não esperava que ele deixasse de tentar e chegar com todos. Com o vento, era difícil andar sozinho", disse.

Já Nocerini revelou sua surpresa por liderar a tradicional competição. "Esta é a minha primeira Volta e vim aqui para ganhar uma etapa. A camiseta amarela é o sonho de qualquer ciclista e a consegui logo na minha primeira participação. Estava confiante na última subida até Contador fazer seu ataque. Foi por pouco, mas sou um homem feliz agora", comemorou. "Não me importo de usar a camisa por um, dois ou três dias. Uma vez é o suficiente."

O ciclista italiano adiantou como comemorará seu feito. "Vim de Arezzo, que é uma região vinícola. Adoro vinho tinto e festejar", admitiu. No entanto, Nocerini não deve exagerar. A próxima etapa do 'Tour' será disputada neste sábado. A saída será em Andorra-la-Vella e a chegada em Saint-Girons (França), em um percurso de 176,5 km.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host