UOL Esporte - Copa 2006UOL Esporte - Copa 2006
UOL BUSCA

25/06/2006 - 18h18

Maniche, decisivo, é eleito o melhor do jogo contra Holanda

Da Redação
Em São Paulo

GOL DE MANICHE

Reuters

Maniche arma o chute do gol

EFE

Vê a bola entrando nas redes

AFP

Van der Sar tentando a defesa

Reuters

Os holandeses se lamentando

AFP

E depois corre para comemorar

AFP

E para vencer a partida

Autor do gol que levou Portugal às quartas-de-final da Copa do Mundo, o volante português Maniche foi eleito o melhor do jogo contra a Holanda neste domingo.

Aos 23min do 1º tempo, Cristiano Ronaldo fez boa jogada pelo meio e tocou para Pauleta. O atacante português driblou um jogador rival e tocou para Maniche. Com muita calma e inteligência, o meio-campista deixou para trás dois holandeses e chutou forte, à meia altura, estufando a rede no canto direito de Van der Sar.

Com o 1 a 0 no placar, Maniche foi fundamental para garantir a vitória, sendo um dos poucos jogadores em campo que não se deixou levar pelo nervosismo.

O jogador, no entanto, optou por ser modesto na coletiva à imprensa. "Não foi só o Maniche que jogou. Todos da equipe estão de parabéns com o resultado que conseguimos dentro de campo". Em entrevista a uma televisão alemã, o jogador acrescentou que "vencemos porque somos um grupo fantástico, um grupo de jogadores talentosos e um grupo de amigos também".

Para ele, o confronto com a Inglaterra "será um jogo complicado, mas temos o nosso valor para passar por este grande time".

Sobre a violência que tomou conta do jogo em vários lances, o meio-campista avaliou que "o árbitro não dignificou a partida. Nós mostramos que não queríamos problemas e mantivemos a calma mesmo jogando com nove jogadores. Conseguimos dignificar o nosso país".

Maniche, que foi emprestado pelo Dínamo de Moscou ao Chelsea, e busca resolver sua situação junto ao clube russo deixando a equipe, vem tendo participação fundamental na campanha da seleção de Scolari na Copa.

Na partida contra os mexicanos, válida pela última rodada da 1ª fase, o meio-campista já havia deixado sua marca. Maniche foi o autor do gol que abriu o caminho para a 3ª vitória lusa no Mundial, aos 5min de jogo, e que garantiu o 1º lugar à equipe no grupo D.

Na semifinal da Euro-2004, Maniche foi titular diante da mesma Holanda e marcou o 2º gol de Portugal na vitória por 2 a 1, quando o jogo apontava 1 a 0 para os lusos no início do 2º tempo. A confiança de Maniche para o jogo deste domingo em Nuremberg era tanta que ele na sexta-feira disse ter "certeza absoluta de que vamos ganhar".

SELEÇÕES