Esporte

Ela sofre preconceito por correr maratona acima do peso e combate 'haters'

Arquivo pessoal
Mirna Valerio é professora e blogueira de corrida de rua famosa nos EUA Imagem: Arquivo pessoal

Do UOL, em São Paulo

05/06/2017 04h00

Mirna Valerio é professora de espanhol, técnica de cross-country, blogueira e maratonista. Ela diz que ama a corrida, os corredores e todo o ambiente desse esporte. Mas, por incrível que pareça, essa americana tem "haters", pessoas que a ofendem principalmente no mundo virtual. E tudo porque ela é obesa e não valoriza a velocidade.

Essa, pelo menos, foi a conclusão que Mirna teve depois de receber um e-mail "perverso", segundo sua definição. Ela estava terminando uma prova de 50 km na Carolina do Norte quando pegou o celular para fotografar os últimos momentos da corrida. E aí ela viu uma notificação de e-mail que chamou sua atenção.

Curiosa, Mirna não esperou até a linha de chegada para ler a mensagem intitulada "Corrida". Para sua surpresa, deparou-se com uma mensagem de ódio que, resumidamente, a ofendia por ser obesa e a definia como uma fraude na corrida, transbordando xingamentos.

"Alguém, provavelmente depois de ver alguma matéria na mídia sobre minha história, deu-se o trabalho de procurar meu e-mail e me mandar essa mensagem cheia de ódio. Na hora, isso me machucou muito. E eu li bem a pouco metros de terminar uma prova de 50 km, fazendo justamente o que provocou todas as acusações", contou Mirna em relato publicado no site "Women's Running".

A professora, então, descreveu que, logo em seguida, lembrou-se que estava cercada de pessoas que trocam incentivos e palavras de apoio durante a corrida. Pessoas que dividem a experiência da corrida muito além dos tempos ou do desempenho esportivo.

Ela decidiu publicar uma reprodução do e-mail raivoso em seu Instagram. E logo, de acordo com seu texto, sobraram mensagens de apoio a sua jornada. O "hater", percebeu, era minoria. O carinho recebido de seus seguidores a incentivou a mandar um e-mail respondendo seu remetente perverso.

Mirna desconstruiu cada argumento. Rebateu as ofensas com palavras de gentileza. Usou seu amor pela corrida para defender não só a experiência que é única para cada um, mas também para mostrar que sua forma física não a diferencia de ninguém, assim como seu desempenho em provas de 42 km ou mais quilômetros.

E deixou uma mensagem para todos os "haters", assinando com o nome de seu blog, "Fat Girl Running":

"Caros 'haters',

essa é uma lição para vocês. Vocês não podem policiar a Internet com suas palavras desagradáveis. Há muito mais gente boa no mundo do que vocês. Nós lutaremos com gentileza e mais corrida. Vocês não podem destruir a felicidade dos outros com seus pobres argumentos sobre pessoas que não conhecem. Que tal sair para uma corrida?

Vocês não podem determinar o sucesso alheio. Vocês também não podem determinar quem é bonito e quem não é. Não é assim que funciona, principalmente quando vocês são pessoas irrelevantes. Vocês não podem me destruir, nem meu sucesso, nem minha felicidade, nem quem eu sou. Sou muito forte para isso, assim como minha comunidade de corrida.

Aproveitando, obrigado por me seguir.

Sinceramente,

Fat Girl Running"

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo