Esporte

Mulher de 85 anos ignora osteoporose e bate recordes na meia-maratona

Reprodução/Twitter
Deirdre é recordista mundial dos 21 km na faixa acima de 85 anos Imagem: Reprodução/Twitter

Do UOL, em São Paulo

22/07/2017 04h00

Aos 78 anos, Deirdre Larkin foi diagnosticada com osteoporose. Poucas semanas depois, começou a correr três vezes por semana com o filho, alternando três passos de caminhada com três passos de corrida. Hoje, aos 85, ela é recordista mundial da meia-maratona em sua faixa etária e já bateu mais de 80 recordes mundiais.

“Meu sangue corre pelo meu corpo mais rapidamente, quase não tenho frio e sinto todos os músculos do meu corpo, e nunca soube que tinha tantos. Hoje me sinto mais viva”, resume Deirdre, britânica que mora na África do Sul desde a década de 1970.

Neste ano, a professora de piano quebrou mais um recorde. Em Genebra, fez os 21 km em 2h05min13, tornando-se a mulher acima de 85 anos mais rápida na distância. A marca anterior também era dela, de 2h12min37.

Deirdre conta que havia corrida na época da faculdade, ainda jovem, e não gostava. Mais de 50 anos depois, alertada pelo diagnóstico de osteoporose, ela decidiu tentar novamente a modalidade.

A rotina de Deirdre é simples. Ela acorda às 5h, toma café da manhã e corre de 8 km a 9 km diariamente. Não come sal e açúcar nem toma café. Faz em casa mesmo alguns exercícios de fortalecimento, tudo para se manter saudável e, principalmente, correndo.

“Hoje não imagino minha vida sem a corrida, seria como uma morte lenta. Vou correr até quando não puder mais”, avisa.

A primeira prova de Deirdre foi em 2010, um ano depois do diagnóstico da osteoporose. Desde então, ela acumula mais de 500 medalhas e 80 recordes mundiais por faixa etária. Um dos mais importantes foi o recorde sul-africano dos 10 km acima de 80 anos. Em 2010, ela completou a distância em 54min17s, em Durban, na costa leste da África do Sul.

Só em 2016, a professora disputou 65 provas. Se antes um filho a levou para correr, atualmente os demais é que a acompanham nas corridas. Mas Deirdre é a mais competitiva, segundo eles. Os recordes deixam isso bem claro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo