Topo

Esporte


Queniana e etíope aproveitam subida da Brigadeiro e vencem a São Silvestre

Reprodução
Sandrafelis Tuei ultrapassa Pauline Kamulu na subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

2018-12-31T09:51:13

31/12/2018 09h51

Um dos pontos de maior desafio da Corrida de São Silvestre é a subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio, último obstáculo antes de chegar à Avenida Paulista, local da linha de chegada. Na disputa da 94ª edição, realizada nesta segunda-feira (31), a subida foi fundamental para definir os vencedores das provas masculinas e femininas: o etíope Belahy Bezabh (45min05s) e a queniana Sandrafelis Tuei (50min02s), respectivamente.

Como costume, as mulheres largaram primeiro, às 8h40 (de Brasília). A queniana Pauline Kamulu, de 24 anos, liderou os primeiros 14 quilômetros da disputa, mas perdeu força na subida final e não resistiu ao ataque da compatriota Sandrafelis Tuei.

A ultrapassagem aconteceu pouco depois do Viaduto 13 de Maio, parte final da subida da Avenida Brigadeiro Luís Antônio. Na liderança, Sandrafelis seguiu em um ritmo forte na entrada da Avenida Paulista e cruzou na primeira colocação. Sem esconder a expressão de desapontamento, Paulini cruzou em segundo.

A terceira colocação ficou com Mestawut, da Etiópia. A brasileira melhor colocada foi Jenifer Nascimento da Silva, na oitava posição. Ela compete pelo Pinheiros.

Reprodução
Belahy Bezabh vence a Corrida de São Silvestre Imagem: Reprodução

Os homens largaram quando o relógio marcava 9h05 (de Brasília). Diferentemente da prova feminina, a masculina teve um pelotão se destacando dos demais. Sete atletas da Etiópia, Quênia e Uganda brigavam centímetro a centímetro para ficar na frente. Eis que chegou a subida da Brigadeiro Luís Antônio.

Dono do ritmo mais forte nos primeiros quilômetros, o ugandense Maxwell Rotich ficou para trás logo nos primeiros metros da Brigadeiro. Conforme a subida era percorrida, apenas dois atletas ficaram com chances claras de vitória: Dawit Admasu e Belahy Bezabh.

No último trecho da Brigadeiro, Belahy colocou de lado e ultrapassou Admasu, atual vencedor da prova. Quando entraram na Avenida Paulista, o etíope já disparava na frente, impondo um bom ritmo para cruzar na primeira colocação.

O brasileiro melhor colocado foi Giovani dos Santos, que terminou na oitava colocação.

Mais Esporte