UOL Esporte Olimpíadas de Inverno
 
25/06/2010 - 14h17

Golpes desleais na cabeça terão punições mais rigorosas no hóquei no gelo

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Golpes desleais na cabeça terão maiores punições agora

    Golpes desleais na cabeça terão maiores punições agora

Os proprietários da National Hockey League (NHL) decidiram por unanimidade penalizar os jogadores que golpearem deslealmente a cabeça do adversário com altas punições e expulsões durante a partida.

A nova regra foi o grande tema discutido na reunião do conselho da NHL ocorrida nesta quinta-feira, nas vésperas do draft da NHL, que acontece nesta sexta na arena Staples Center.

A aprovação da comissão foi o último passo para a instauração da regra, que deve penalizar com cinco minutos de "gancho" os golpes mais duros.

“Eu acho que deveríamos ter mudado essa regra no ano passado”, afirmou o Brian Burke, diretor geral do Toronto Maple Leafs. “Talvez nós não tivéssemos tido os dois últimos horríveis acidentes”, analisou.

O primeiro desses acidentes aconteceu com Mike Richards, do Philadelphia Flyers, que tirou David Booth – do Florida Panthers - de 45 jogos da temporada em função da contusão sofrida. O segundo aconteceu com Marc Savard, do Boston Bruins.

Ele foi vítima de um golpe covarde, tendo sido atingido de surpresa diretamente na cabeça pelo "hit" de Matt Cooke, do Pittsburgh Penguins. Sarvard ficou ausente por 18 jogos da temporada regular e do primeiro turno dos playoffs.

A regra proíbe “golpes pela lateral ou pelas costas em um oponente, onde a cabeça seja o alvo e/ou o principal ponto de contato”. A regra também dá ao juiz liberdade para aplicar punição se ele considerar que o jogador deliberadamente tentou machucar um oponente.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host