UOL Esporte Olimpíadas de Inverno
 
24/08/2010 - 13h21

Tetracampeão olímpico no salto com esqui é preso pela 3ª vez por agressão

Das agências internacionais
Em Helsinki (Finlândia)
  • Nykanen canta em festival na Finlândia; ex-saltador de esqui já tinha 2 passagens pela prisão

    Nykanen canta em festival na Finlândia; ex-saltador de esqui já tinha 2 passagens pela prisão

Um tribunal finlandês condenou o ex-saltador de esqui Matti Nykanen a um ano e quatro meses de prisão por agressão grave contra sua ex-mulher, nesta que foi a terceira condenação à prisão do tetracampeão olímpico.

Os juristas afirmam que Nykanen atacou sua então companheira, Mervi Tapola, com uma faca de cozinha em sua casa no sul da Finlândia no natal de 2009. Desde então, o casal se divorciou.

O ex-atleta negou as acusações, dizendo que ele agiu em legítima defesa e que os inúmero cortes e arranhões identificados por legistas em sua ex-mulher eram decorrentes de uma briga em torno da posse da faca.

O tribunal, no entanto, não condenou Nykanen por um suposto estrangulamento em sua ex-mulher com um cinto de roupão, alegando falta de evidências.

O ex-saltador foi condenado ainda a pagar 13 mil dólares (R$ 23 mil) por danos morais e perdas com gastos judiciários da ex-mulher.

Nykanen conquistou quatro medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de Inverno (em Saravejo- 1984 e em Calgary-1988) e quatro títulos mundiais, mas sua carreira bem sucedida foi permeada de problemas na esfera privada.

Em 2006, Nykanen foi condenado a quatro meses de prisão por outra agressão à sua ex-mulher, num ataque que ocorreu apenas três dias depois de sua liberação da cadeia, onde ficou por outros 26 meses para cumprir pena por agressão com faca em 2004.

Placar UOL no iPhone

Hospedagem: UOL Host