Topo

Fórmula 1

Barbeiragem, crise da Williams e o amigo de Alonso: GP da Espanha em frases

AP Photo/Manu Fernandez
Lewis Hamilton ganhou a corrida, mas outros episódios também marcaram o GP da Espanha Imagem: AP Photo/Manu Fernandez

Do UOL, em São Paulo

14/05/2018 04h00

Na pista, a vitória de Lewis Hamilton foi construída sem grandes emoções. O tetracampeão mundial preservou a liderança na largada e depois controlou a prova com uma performance consistente guiando sua Mercedes. Sendo assim, o Grande Prêmio da Espanha no último domingo apresentou mais movimentação com personagens alternativos.

Romain Grosjean saiu da pista com a sua Haas logo na primeira volta e errou feio a manobra para tentar salvar a corrida, tirando dois pilotos da disputa com sua decisão desastrada: Pierre Gasly (Toro Rosso) e Nico Hulkenberg (Renault).

Já Fernando Alonso comemorou uma 8ª colocação diante de seus compatriotas em Barcelona, mas ganhou a atenção por promover um dia especial para o menino Joaquín. O piloto se encantou com o garoto vibrante no treino de classificação no sábado e conseguiu acesso para o fã aos boxes da McLaren, no domingo.

Quem não sorriu na Espanha foram os homens da Williams. Lance Stroll e Sergey Sirotkin acabaram como os mais lentos do treino de classificação no sábado (18º e 19º) e ficaram entre as últimas posições no domingo. Segundo o ex-piloto e consultor da equipe Alex Wurz um problema de aderência faz com que a dupla de pista não tenha "confiança no carro". A escuderia marcou só 4 pontos no Mundial de construtores até aqui.

Por fim, no primeiro plano da disputa pelo título, Hamilton comemorou a segunda vitória seguida na temporada, que já confere ao inglês uma folga na classificação do Mundial de Pilotos. O atual campeão tem 98 pontos somados, contra 75 de Sebastian Vettel, da Ferrari, seu principal rival (apenas em 4º lugar em Barcelona).

Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes na Espanha e aparece em terceiro lugar no Mundial, com 58 pontos. A equipe alemã já disparou também na liderança da disputa dos construtores.

Veja as melhores frases do fim de semana da F-1

  • Romain Grosjean

    "Eu perdi a traseira. Eu achei que podia trazer o carro de volta sem atrapalhar os outros, mas não funcionou"

  • Nico Hulkenberg

    "Não sei quantas vezes ele (Grosjean) roda num fim de semana de corrida. Se ele faz isso por ele próprio, está OK. Mas se ele chuta outros para fora da corrida, não está OK"

  • Alex Wurz

    "Tivemos esse problema um pouco no ano passado, mas foi apenas irritante. Agora é basicamente algo fixo. Perdemos muita aderência e o piloto não confia no carro. Esse é o nosso problema"

  • Fernando Alonso

    "Ei, Fórmula 1, traga esse garoto amanhã (domingo) para o paddock"

  • Lewis Hamilton

    "Hoje senti uma sinergia com o carro que não havia sentido ainda este ano. Os fãs foram incríveis"

  • Valtteri Bottas

    "A equipe foi perfeita em todo o final de semana. Temos que continuar dessa forma"

  • Sebastian Vettel

    "Foi um final de semana decente, nós só precisamos entender o que fazer com os pneus. Temos que dar uma olhada"

  • Max Verstappen

    "O carro estava funcionando muito bem. Tivemos sorte com o abandono do Kimi (Raikkonen), mas os pneus estavam funcionando muito bem e nos deram a terceira posição hoje"