Topo

Fórmula 1

De cassino a homenagens: confira os capacetes dos pilotos de F1 em Mônaco

@ValtteriBottas/Twitter
Reconheceu o capacete da foto? É o de Valtteri Bottas, que mudou o desenho para a corrida em Monte Carlo Imagem: @ValtteriBottas/Twitter

Do UOL, em São Paulo

25/05/2018 04h00

A Fórmula 1 passou a restringir as mudanças de capacetes durante a temporada. Por isso, é comum que os pilotos não façam muitas extravagâncias ao longo do ano.

Só que Mônaco é uma corrida toda especial. E os pilotos têm aproveitado a prova em Monte Carlo para exibir novos visuais em suas peças.

O GP de 2018 não é diferente. Com mais ou menos detalhes, vários competidores aproveitam para a exibição de um novo capacete - com detalhes alusivos à prova ou com homenagens.

Quer ver? O UOL Esporte separou alguns para você. Confira:

Os capacetes de Monte Carlo

  • Sebastian Vettel (Ferrari)

    A mudança é discreta, mas existe. Ao invés de branco, o capacete de Sebastian Vettel em Mônaco é cintilante e traz a inscrição 'Monaco' nas laterais.

  • Valtteri Bottas (Mercedes)

    O finlandês da Mercedes resolveu fazer uma homenagem a um compatriota famoso. Por isso, repetiu o desenho utilizado por Mika Hakkinen, campeão nas temporadas de 1998 e 1999.

  • Stoffel Vandoorne (McLaren)

    O belga é mais um que aposta em referências ao Cassino de Monte Carlo. Em seu capacete, traz referências a cartas de baralho e fichas de jogos.

  • Charles Leclerc (Sauber)

    Na corrida em casa, o monegasco da Sauber utiliza o mesmo desenho que seu pai, Hervé Leclerc, utilizava quando corria nas décadas de 80 e 90. A peça traz ainda uma homenagem ao amigo Jules Bianchi.

  • Brendon Hartley (Toro Rosso)

    Para esse aqui, é preciso olhar de perto. O capacete do neozelandês traz para o GP de Mônaco o mesmo padrão de desenhos e cores, mas com um detalhe: os nomes dos principais trechos do traçado são estampados na peça.