Fórmula 1

Esperança do Brasil na F1, nenhum piloto da academia correu na Ferrari

Do UOL, em São Paulo

07/12/2017 04h00

O brasileiro Gianluca Petecof é a mais nova esperança do Brasil na Fórmula 1 após a aposentadoria de Felipe Massa. Ele e Enzo Fittipaldi estão na academia de pilotos da Ferrari e seriam as novas “joias” brasileiras. O passado e o presente, no entanto, mostram que a carreira de quem faz parte dessa equipe de novatos promissores tomou rumos bem distantes da Ferrari. Nenhum deles conseguiu se tornar piloto da escuderia além dos testes. Nomes conhecidos como Lance Stroll e Jules Bianchi já passaram por lá. 

Ex-pilotos da Academia da Ferrari

  • Jules Bianchi

    Morto em 2015 após acidente no ano anterior no Grande Prêmio do Japão, o piloto francês foi o primeiro integrante da Academia de Pilotos da Ferrari, no final de 2009. Em 2011, testou para a Ferrari como parte do programa de desenvolvimento e participou no ano seguinte de alguns treinos de sexta-feira emprestado para a Force India. Na temporada de 2013, foi para a Marussia e estava se destacando, apesar do fraco equipamento, até sofrer o grave acidente no GP do Japão de 2014.

  • Lance Stroll

    O piloto canadense da Williams de 19 anos passou cinco anos na famosa academia da Ferrari, mas não foi aproveitado pela italiana. Deixou a Ferrari para ser companheiro de Felipe Massa na Williams, onde está até hoje.

  • Mirko Bortolotti

    O piloto italiano de 27 anos fez parte da academia em 2010. Competiu por outras categorias como Fórmula 2 e 3 antes disso e ganhou de prêmio por suas performances na Fórmula 3 um teste na Ferrari em 2008, mas nada fixo. Foi especulado como substituto de Felipe Massa, então machucado, em 2009, fez parte do time de prodígios da Ferrari, e acabou saindo de lá para fazer teste na Williams. Hoje faz parte da fábrica de pilotos da Lamborghini, para pilotos profissionais.

  • Daniel Zampieri

    Ficou pouco tempo na academia, em 2010, seguindo para Formula Renault 3.5 Series, considerada uma competição de acesso à Fórmula 1, mas o piloto italiano não chegou à categoria.

  • Sergio Pérez

    Ficou dois anos da academia da escuderia italiana e conseguiu permanecer na Fórmula 1 até os dias atuais. Foi emprestado para a Sauber, onde ficou em 2011 e 2012, e rompeu com os italianos para correr pela McLaren em 2013. Atualmente o mexicano compete pela Force India.

  • Brandon Maisano

    Fez parte da academia da Ferrari pro dois anos de 2010 a 2012. Durante esse período, o francês também competiu pela Fórmula 3 italiana, onde ficou até 2013. Logo depois foi para a Fórmula 4.

  • Raffaele Marciello

    Ficou cinco anos na academia e chegou a ser campeão de Fórmula 3 nesse período, em 2013. Fez testes com o carro da Ferari depois da temporada 2014. No ano seguinte, o suíço foi ser piloto de testes da Sauber. Atualmente compete na FIA Fórmula 2, mas não tem mais vínculo com os italianos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Topo