Fórmula 1

Massa não é o único. Relembre pilotos que deixaram a F1 e depois voltaram

Do UOL, em São Paulo

18/01/2017 04h00

  • Imagem: Charles Coates/Getty Images
    Charles Coates/Getty Images
    Imagem: Charles Coates/Getty Images

    Kimi Raikkonen

    O finlandês é um dos casos mais recentes de quem deixou a F1 por algum tempo. Ele saiu da Ferrari em 2009 e se aventurou em outras categorias, mas em 2012 estava de volta pela Lotus, antes de reassumir seu posto na Ferrari.

  • Imagem: AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA
     AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA
    Imagem: AFP PHOTO / YASUYOSHI CHIBA

    Michael Schumacher

    O maior campeão da história da categoria se despediu da F1 em 2006, dono de sete títulos. Em dezembro de 2009, anunciou seu retorno para pilotar o carro da Mercedes, equipe que defendeu pelas três temporadas seguintes, mas sem o mesmo brilho do passado. Maior recordista de títulos, vitórias e pole positions, despediu-se sem vencer pela equipe germânica.

  • Imagem: Roger Gould/Getty Images
    Roger Gould/Getty Images
    Imagem: Roger Gould/Getty Images

    Alain Prost

    Uma das lendas da Fórmula 1, o francês Alain Prost tirou um ano sabático em 1992, deixando a Ferrari depois de criticar publicamente o carro. Ele voltou à F1 em 1993, na Williams, e conquistou seu quarto título antes de se despedir definitivamente da categoria.

  • Imagem: Antonio Scorza/AFP
    Antonio Scorza/AFP
    Imagem: Antonio Scorza/AFP

    Nigel Mansell

    Mansell deixou a Fórmula 1 logo depois de ser campeão pela Williams em 1992, indo para a IndyCar (também foi campeão por lá). Logo na sequência, em 1994, ele desistiu da aposentadoria na F1 para fazer algumas provas pela Williams. Mansell ainda chegou a defender a McLaren, sem sucesso.

  • Imagem: Mike Powell/Allsport
    Mike Powell/Allsport
    Imagem: Mike Powell/Allsport

    Niki Lauda

    Tricampeão, Lauda saiu da categoria em 1979, desanimado com o rendimento ruim na temporada e motivado a cuidar dos negócios que abrira, entre eles uma companhia aérea. Mas um convite da McLaren em 1982 o levou de volta à F1, na qual faturou o terceiro título em 1984.

  • Imagem: Chris Gardner/AP
    Chris Gardner/AP
    Imagem: Chris Gardner/AP

    Mario Andretti

    O caso de Mario Andretti é bem específico. Isso porque ele não chegou a deixar a Fórmula 1 definitivamente. De 1968 a 1974, disputou corridas esporádicas sem fazer uma temporada inteira. A exceção foi 1973, em que ele se afastou da categoria. O retorno em 1974, no entanto, o animou a fazer seu primeiro ano completo em 1975, decisão que lhe rendeu o título de campeão em 1978.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Alan Jones

    Campeão da F1 em 1980, o australiano Alan Jones voltou atrás em sua aposentadoria da categoria duas vezes, dividindo sua trajetória em três passagens. Nos dois retornos, no entanto, ele não conseguiu chegar a nenhum pódio.

  • Imagem: AP
    AP
    Imagem: AP

    Phil Hill

    Único piloto nascido nos EUA a ser campeão da F1, Phil Hill, dono do título de 1961, ficou na categoria de 1958 a 1964. Ele havia saído da F1 na sequência e tentou um retorno em 1966, pela nova equipe Anglo American Racers. Hill, porém, não conseguiu se classificar para o GP da Itália e então desistiu oficialmente da categoria.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

AFP
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Redação
Redação
Grande Prêmio
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Blog do Carsughi
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Redação
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Grande Prêmio
Redação
Topo