Topo

Fórmula 1

Sem brasileiros, F-1 terá dois estreantes em 2018 e em times "pequenos"

Dan Mullan/Getty Images
Brendon Hartley corre pela Toro Rosso neste final de semana Imagem: Dan Mullan/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

17/01/2018 08h11

A Fórmula 1 terá poucas mudanças para a temporada de 2018 em relação à de 2017 e elas ocorreram apenas em equipes que disputam a parte de trás do grid de largada. Felipe Massa se aposentou (desta vez para valer) da categoria, deixando vaga uma posição na Williams, e Pascal Wehrlein deixou o posto de piloto da Sauber. A saída de Massa provoca também a ausência de pilotos brasileiros na categoria pela primeira vez desde 1969.

Com apenas duas das 20 vagas para pilotos da categoria em aberto, tudo foi definido nesta terça-feira (16). O substituto de Wehrlein na Sauber foi definido no começo de dezembro, com a confirmação que o monegasco Charles Leclerc assumiria o posto. A Williams levou mais tempo para definir que o russo Sergey Sirotkin ficaria com o lugar de Felipe Massa.

Estas foram as únicas alterações em todo grid da categoria, que não teve nenhuma alteração nas escuderias que brigam por vitórias nas corridas. Outra mudança, que não diz respeito aos pilotos, ficou por conta da McLaren, que trocará os motores da Honda pelos da Renault.

Confira como ficaram as equipes de 2018

  • Mercedes

    A Mercedes seguirá com o campeão Lewis Hamilton e seu parceiro Valtteri Bottas, campeão e terceiro colocados na temporada passada.

  • Ferrari

    Vice-campeão em 2017, Sebastian Vettel continua como piloto principal da escuderia italiana, ainda acompanhado do finlandês Kimi Raikkonen.

  • Red Bull

    Terceira no mundial de construtores, a Red Bull seguirá com o australiano Daniel Ricciardo e o holandês Max Verstappen, que terminou bem a temporada de 2017.

  • Force India

    O francês Esteban Ocon e o mexicano Sergio Pérez seguirão como pilotos da equipe sediada na Inglaterra.

  • Williams

    Com a saída de Felipe Massa, a Williams tardou a anunciar Sirotkin como o substituto do brasileiro. O russo será companheiro do canadense Lance Stroll. Como piloto de testes, a equipe terá o polonês Robert Kubica.

  • Renault

    A equipe francesa, sexta colocada em 2017, manterá o alemão Nico Hulkenberg e o espanhol Carlos Sainz Jr.

  • Toro Rosso

    "Time B" da Red Bull, a Toro Rosso manterá os jovens Pierre Gasly e Brendon Hartley, que terminaram a temporada de 2017 no controle dos carros da escuderia.

  • Haas

    Oitava em 2017, a equipe americana continuará com Romain Grosjean e Kevin Magnussen.

  • McLaren

    Após um ano terrível em 2017, a McLaren dará uma nova chance a Stoffel Vandoorne e ao espanhol Fernando Alonso. Este não cansou de expressar sua frustração com a equipe na temporada passada, na qual teve que abandonar sete corridas.

  • Sauber

    Lanterna em 2017, a Sauber terá uma cara nova para 2018. Sai Pascal Wehrlein e entra Charles Leclerc, piloto de 20 anos que veio da Formula 2. Ele será o parceiro do sueco Marcus Ericcson.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor