! BAR anuncia Gil de Ferran como diretor esportivo - 06/04/2005 - UOL Esporte - F-1
UOL EsporteUOL Esporte
UOL BUSCA


  06/04/2005 - 09h08
BAR anuncia Gil de Ferran como diretor esportivo

Da Redação
Em São Paulo

Reuters 
O brasileiro será o diretor esportivo da BAR na temporada 2005 da Fórmula 1
A BAR anunciou oficialmente na manhã desta quarta-feira a contratação do brasileiro Gil de Ferran para o cargo de diretor esportivo na temporada 2005 da Fórmula 1.

O ex-piloto, de 37 anos, vencedor das 500 Milhas de Indianápolis em 2003 e bicampeão da Cart em 2000-2001, foi contratado para levar "sua experiência de mais de 20 anos de corrida", disse a escuderia britânica em seu site oficial.

"É um desafio excitante, depois de um progresso natural em minha carreira como piloto. Meu interesse no esporte sempre foi além das pistas e esta oportunidade é no melhor que eu poderia ter", disse o brasileiro.

Gil, que durante muito tempo foi piloto da Honda, parceira da BAR, deixou a carreira no final de 2003 depois de participar durante suas duas últimas temporadas na IRL (Indy Racing League) com a equipe Penske. Desde então, ele trabalhava como comentarista para o canal de televisão "ESPN" nos Estados Unidos.

Gil vai trabalhar diretamente com o chefe da equipe, Nick Fry, e com o diretor técnico, Geoffrey Willis. "Ele combina experiência e energia com absoluta combinação para vencer", disse a escuderia.

"Ele tem um talento único que combina uma carreira de sucesso com uma análise completa e metódica do carro. Isso foi o que o levou às suas glórias. Gil pode fazer o melhor para os engenheiros e os pilotos de teste, mostrando seu trabalho de equipe e motivação, usando sua experiência para desenvolver as estratégias das corridas", comentou Fry.

A idéia da BAR é de que, com a contratação de Gil de Ferran, Fry e Willis não percam o foco no seu trabalho. "O momento é de Willis focar sua liderança no que ele sabe fazer melhor, que é desenvolver o carro. Da mesma maneira, meu foco será aumentar o relacionamento com a Honda e aumentar nosso poder de liderança", revelou o chefe da equipe.

Willis foi um dos defensores da contratação do brasileiro. "Eu conheci Gil recentemente, mas imediatamente reconheci suas habilidades e acho que ele será um complemento perfeito para BAR. Estou ansioso para começar a trabalhar com ele."

A equipe, vice-campeã mundial de Construtores no ano passado, ainda não marcou nenhum ponto neste ano. Seus dois pilotos, o britânico Jenson Button e o japonês Takuma Sato, conseguiram acabar na Austrália (em 11º e 14º, respectivamente), mas tanto na Malásia como no Bahrein não conseguiram chegar ao fim das provas.

"Desde que eu parei de correr, aprendi muito, principalmente pelo fato de eu ser um piloto de coração. O talento e o potencial da BAR e da Honda é óbvio, todos podem ver. Por isso, é uma grande honra ser convidado para participar dessa organização de tanto prestígio", completou Gil de Ferran.

Relembre

Veja também


ÚLTIMAS NOTÍCIAS
03/09/2007
Mais Notícias