UOL Esporte Fórmula 1
 
25/07/2009 - 16h33

Com lesão cerebral, Massa deve passar por novos exames neste domingo

Do UOL Esporte*
Em São Paulo
A cirurgia a que Felipe Massa foi submetido neste sábado, na Hungria, foi um sucesso, segundo os médicos responsáveis. O brasileiro, no entanto, está em coma induzido e irá passar por novos exames às 10h (5h pelo horário de Brasília) para avaliar as consequências do procedimento e confirmar o prazo de recuperação.

MASSA BATE, MAS PASSA BEM
AP/Gero Breloer
Massa é levado de helicóptero para um hospital após sofrer acidente
Reuters
Após ser atingido por um objeto na pista, ele bateu forte na proteção
VEJA MAIS FOTOS DO TREINO
ALONSO É POLE EM TREINO AGITADO
ACIDENTES COM PEÇAS NA PISTA
LEIA MAIS NOTÍCIAS DE FÓRMULA-1
'OLHOS ESTÃO SEGUROS', DIZ RUBINHO
PEÇA DO ACIDENTE PESA 1 KG
ASSISTA COMO FOI O ACIDENTE
"Ele não tem nenhum problema, a cirurgia foi ótima, mas, como tudo o que acontece na cabeça, o quadro é um pouco delicado e [ele] tem que passar por um momento de espera e de relaxamento", afirmou Rubens Barrichello, em entrevista à TV Globo.

"Ele foi trazido para o hospital às 15h20 [10h20 pelo horário de Brasília] com uma fratura de crânio e foi feita uma operação de uma hora. Seu estado é grave, mas estável. Neste momento, [Massa] está anestesiado e irá despertar no domingo", explicou o médico Peter Bazso.

O problema de Massa ocorreu um pouco acima do seu supercílio esquerdo. Segundo os médicos responsáveis pelo procedimento, o brasileiro teve "fratura de osso no crânio, já reparada, e pequena lesão cerebral".

"Ele está sendo levado para uma UTI e agora está estável, em condições satisfatórias", acrescentaram os médicos, por meio de um segundo comunicado oficial.

Durante a cirurgia, os médicos repararam um osso que acabou sendo fraturado após o choque com uma peça que se descolou do carro de Rubens Barrichello. O acidente aconteceu durante o treino classificatório para o GP da Hungria de Fórmula 1, que será realizado neste domingo, a partir das 9h (horário de Brasília).

Diante do quadro clínico de Massa, ainda não foi confirmado quando ele irá voltar às pistas. No GP da Hungria, a Ferrari confirmou que não utilizará nenhum piloto reserva. Desta forma, apenas Kimi Räikkönen irá representar a escuderia italiana no grid.

O acidente de Massa aconteceu quando o piloto estava a cerca de 280 km/h. Uma mola com dimensões de 10cm x 5cm e por volta de 1kg "voou" da pista em direção à cabeça de Felipe Massa. Após o choque, o brasileiro aparentemente perdeu a consciência. Com isso, sua Ferrari passou reto em uma curva e acabou na proteção de pneus.

Após os primeiros atendimentos, Massa foi levado para o centro médico de Hungaroring. Muito agitado, o piloto brasileiro precisou ser sedado para se acalmar.

Grid

Independentemente do acidente envolvendo Massa, o espanhol Fernando Alonso, da Renault, conquistou a pole position, com um tempo de 1min21s569. Logo atrás aparecem as duas Red Bull, respectivamente de Sebastian Vettel e Mark Webber.

Já os brasileiros não foram bem. Nelsinho Piquet, que pode realizar seu último GP pela Renault neste domingo, ficou na 15ª colocação. Já Rubens Barrichello foi um pouco melhor, largando na 13ª posição.

*Atualizada às 17h20

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host