UOL Esporte Fórmula 1
 
17/10/2009 - 09h01

Button deixa namoro de lado para se 'concentrar' no título

Tatiana Cunha
Da Folhapress
Em São Paulo
A situação de Jenson Button é tranquila. Com 14 pontos de vantagem para Rubens Barrichello a apenas duas etapas do encerramento do Mundial, basta chegar ao pódio para sair de Interlagos como campeão. Se não conseguir, ainda tem mais uma chance em Abu Dhabi, dentro de duas semanas.

Mas o piloto inglês não quer correr riscos. Depois de perder a chance de encerrar o campeonato no Japão, há 14 dias, Button pretende sair de São Paulo com o número um usado por Lewis Hamilton já assegurado. Para isso, resolveu se isolar de qualquer tipo de distração.

A começar pela namorada. Companhia frequente de Button nos circuitos do calendário, Jessica Michibata, pela primeira vez, não irá assistir a uma corrida a pedido do piloto.

Depois do GP do Japão em Suzuka, o casal embarcou para o Havaí para uma semana de férias. E foi no arquipélago norte-americano que Button pediu que a namorada não o acompanhasse ao Brasil para que ele possa se concentrar somente na corrida de domingo.

Filha de pai argentino e mãe japonesa, Jessica trabalha como modelo e divide seu tempo entre sua casa, em Tóquio, onde nasceu, e Mônaco, onde o namorado famoso vive. Ao lado da irmã Angelica, serve ainda de porta-voz da marca de lingerie japonesa Peach John.

À distância, a modelo aproveita seu Twitter para postar fotos suas e de suas irmãs e dar apoio virtual ao piloto inglês.


  • Folha Imagem

    PROGRAMAÇÃO DO GP DO BRASIL:

    Sábado, 17 de Outubro
    11h00 a 12h00 - Treino Livre *
    14h00 a 15h00 - Treino de Classificação *

    Domingo, 18 de Outubro
    12h30 - Desfile de Pilotos
    13h30 - Formação do Grid de Largada
    14h00 - GP do Brasil, com 71 voltas *

    * Placar UOL Esporte acompanha todos os treinos

Se dispensou a namorada, Button fez questão de contar com algumas companhias masculinas em Interlagos. Além do pai, John, outra figura frequente nos paddocks da F-1, o piloto ainda trouxe outros dois amigos e seu manager.

Mas a passagem pelo Havaí, antes de chegar ao Brasil, não serviu só como despedida para o casal. Lá, acompanharam a disputa do Ironman, competição de triatlo, esporte praticado já há alguns anos pelo piloto.

"Foi muito inspirador e emocionante ver os melhores atletas do mundo juntos, andando de bicicleta, correndo e a bagunça que eles fazem e conseguem continuar", afirmou Button, que neste ano competiu no Triatlo de Londres. 'Foi sensacional ver a quanta dor as pessoas se submetem para alcançar seus objetivos."

Segundo ele, o fato de praticar outro esporte tão desgastante como o triatlo o faz entender exatamente a importância do preparo físico para a F-1.

"Você se esforça um pouco mais e isso te ajuda mentalmente, já que você sabe que está preparado fisicamente", completou o inglês, que acredita que Interlagos é um dos circuitos mais desgastantes do calendário, especialmente pelo fato de a corrida ser disputada no sentido anti-horário.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host