UOL Esporte Fórmula 1
 
03/11/2009 - 07h00

Pulseira 'mágica' usada por Rubens Barrichello vira moda nas academias

Felipe Munhoz
Em São Paulo
Uma pulseira que ajuda no equilíbrio físico e mental, organiza as energias do corpo e auxilia no controle emocional. Estes são alguns dos benefícios propagados pelo fabricante do Power Balance, produto que é usado pelo piloto Rubens Barrichello desde o início do ano e que virou moda nas academias.

BARRICHELLO USA PULSEIRA NAS PROVAS

  • Site oficial de Barrichello/Divulgação

    Rubens Barrichello conheceu a pulseira jogando golfe e não deixou mais de usar o 'amuleto'

Segundo a assessoria de imprensa de Barrichello, ele conheceu a pulseira em uma das suas rotineiras partidas de golfe e a usou durante toda a temporada. Por coincidência ou não, neste ano, o piloto brigou pelo título da temporada até a penúltima prova, no GP do Brasil, quando o inglês Jenson Button garantiu o título.

O Power Balance é uma pulseira fabricada com uma espécie de tecido neoprene, que possui um holograma. Segundo o inventor do produto, Troy Rodarmel, este holograma emite frequências que transformam nestas benfeitorias ao organismo humano. No entanto, para Fábio Aarão Reis, doutor em física formado pela PUC do Rio de Janeiro, não há sentido físico nenhum na relação entre o holograma e as sensações físicas do organismo.

"Para produzir um holograma é apontado um feixe de laser bastante enérgico para criar a imagem sobre aquela placa. Nisso, há uma grande produção de energia para produzir aquilo, da mesma forma como se produz um CD, por exemplo. No holograma a produção é mais sofisticada do que o CD. Naquele momento, uma grande quantidade de energia é gerada ali, mas depois se dissipa e acabou. Esfriou acabou. Agora, se ele diz que essa energia concentrada vai passar para a pessoa, não, de jeito nenhum", explicou o físico Fábio Reis.

De acordo com o físico, se o produto fosse feito com outro material, até poderia ter algum efeito produtivo. "Uma pulseira metálica já é diferente, ela pode resfriar a pele, o metal é um bom condutor de energia... Daí poderia ter efeito na eletricidade estática da pessoa, já a pulseira elástica, só comprimindo o pulso ou algo assim", ressaltou.

Apesar de não ter um efeito científico comprovado, o fato é que a pulseira virou moda. O fabricante patrocina atletas de diversas áreas, como os surfistas Andy e Bruce Irons, o golfista Scott Smith, o skatista Peter Smolik, entre outros. O produto também ganhou adeptos nas academias, entre os esportistas anônimos. "É uma tendência que vem crescendo, cada vez mais os alunos conhecem o produto e tem gente que você vai falar e a pessoa já conhece", destaca o professor de educação física Bruno Cabrera, da Academia Manoel dos Santos.

HOLOGRAMA É O 'SEGREDO'

  • Site do fabricante/Divulgação

    O inventor da pulseira afirma que
    a força está no holograma

Adepto do produto, Cabrera diz que não importa apenas o efeito científico. "Eu acredito no poder da mente. Qualquer instrumento que te faça ter o pensamento que te leve a algum lugar, que te faça a acreditar, é válido. Alguns atletas mais céticos não obtêm resultados. Mas os que acreditam conseguem, de alguma forma, melhorar o seu rendimento", afirmou.

Segundo a psicóloga Alessandra Dutra, especializada na área de esportes, usar um produto deste tipo pode ajudar a canalizar as forças dos atletas, mas também pode prejudicá-los. "Não existe nenhuma comprovação científica, mas é aquela história do Renato Russo: 'quem acredita sempre alcança'. Às vezes, você coloca no objeto uma crença pessoal. Se a pessoa canalizar as suas energias, ela pode se dar bem, mas pela sua própria força. Os objetos podem ter essa função, nós chamamos isso de material projetivo", explicou a psicóloga.

No entanto, Alessandra Dutra ressalta que o exagero pode ser prejudicial. "O atleta tem que tomar cuidado para não transformar isso em um fanatismo, é isso que o psicólogo tem que ajudar a controlar. Ele precisa saber que a força está dentro dele e não em um produto", destacou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host