UOL Esporte Fórmula 1
 
14/01/2010 - 15h00

Provocado pela imprensa inglesa, Alonso minimiza disputa interna com Massa

Das agências internacionais
Em Madonna di Campiglio (Itália)

Em coletiva realizada nesta quinta-feira, o espanhol Fernando Alonso tratou de minimizar a disputa interna que terá com o brasileiro Felipe Massa na Ferrari em 2010. O espanhol disse que a discussão com Massa no GP da Alemanha de 2007 já ficou no passado, e espera ver a dupla latina da Ferrari superar as parcerias 100% nacionais da alemã Mercedes e da inglesa McLaren.

Em sua primeira entrevista oficial como piloto da Ferrari, Alonso foi provocado pelos jornalistas ingleses, que o lembraram que ele também tinha dito que estava realizando o sonho de sua vida quando foi contratado pela McLaren, onde teve problemas de relacionamento com Lewis Hamilton, que o levaram a deixar a equipe inglesa.

Os jornalistas quiseram saber se Alonso poderia ter o mesmo problema com seu novo companheiro de equipe, o brasileiro Felipe Massa, mas o espanhol disse que não queria perder muito tempo com a pergunta. “Quando fui para a McLaren depois de dois títulos mundiais era um novo desafio, um novo entusiasmo, e me parecia uma boa escolha”, disse o piloto.

Sobre a ríspida discussão que teve com Massa após o GP da Alemanha de 2007, Alonso preferiu não criar polêmica. “Felipe e eu formamos uma equipe muito forte. Os que lembram o que aconteceu em 2007 são minoria”, falou o espanhol durante o evento anual da Ferrari em Madonna di Campiglio, nos Alpes italianos.

O bicampeão mundial disse que a dupla latina formada por ele e Massa na Ferrari terá uma disputa interessante com as equipes 100% nacionais da Mercedes, com os alemães Michael Schumacher e Nico Rosberg, e da McLaren, com os ingleses Lewis Hamilton e Jenson Button. “Mas os latinos vão ganhar”, disse Alonso.

Apesar de minimizar os problemas que teve com Massa no passado, o espanhol aproveitou para provocar o companheiro com relação a outro assunto: a Copa do Mundo da África do Sul. “Se Brasil ou Espanha não ficarem em primeiro em seus grupos, se enfrentarão nas oitavas, e Felipe não terá mais um time para o qual torcer”, brincou Alonso.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host