UOL Esporte Fórmula 1
 
19/01/2010 - 13h18

Nelsinho afirma que recusou proposta para voltar à Fórmula 1

Do UOL Esporte
Em São Paulo
  • Nelsinho criticou a politicagem da Fórmula 1: já estava cansado e enjoado de tudo aquilo

    Nelsinho criticou a politicagem da Fórmula 1: "já estava cansado e enjoado de tudo aquilo"

O brasileiro Nelsinho Piquet, demitido da Renault no ano passado e depois envolvido no escândalo de armação de resultados do GP de Cingapura de 2008, revelou nesta terça-feira que recebeu proposta de uma equipe de Fórmula 1, mas recusou.

O piloto já anunciou que vai correr pela Nascar, na categoria de picapes, pela equipe Toyota. Ele assegurou em entrevista ao canal SpeedTV que não escolheu ir para os Estados Unidos só por falta de opções na Fórmula 1. Nelsinho afirmou estar cansado da politicagem na categoria.

“Eu poderia estar na Fórmula 1 se eu quisesse. Uma equipe me ofereceu uma vaga”, declarou Nelsinho. “Mas eu pensei que já estava cansado de tudo aquilo. Tomei a decisão de aceitar um novo desafio na Nascar”, completou.

“Para muita gente de fora da América, é um retrocesso. Mas para as pessoas que realmente entendem, pode até ser um passo atrás em termos de tecnologia, mas em termos de carreira, pela grandeza do esporte, em muitos aspectos pode ser considerado um passo até maior do que a Fórmula 1”, avaliou.

“O nível de competitividade e seriedade das duas categorias são muito, muito altos. E eu estou enjoado e cansado das coisas por lá (na Fórmula 1). Eu tenho uma oportunidade muito boa de começar minha carreira aqui”, comentou o piloto sobre sua empreitada na Nascar.

Nelsinho não confirmou qual equipe lhe ofereceu a vaga, mas ele chegou a ter conversas com a Campos Meta, e se dizia também próximo da Force India. Outras equipes com vagas em aberto são a Toro Rosso, a USF1 e a própria Renault.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host