UOL Esporte Fórmula 1
 
25/01/2010 - 10h58

Fórmula 1 pode mudar novamente o sistema de pontuação para 2010

Do UOL Esporte
São Paulo
  • Depois de muita expectativa, a Mercedes GP mostrou seu carro para a temporada de 2010, em que entra na Fórmula 1 no lugar da Brawn GP, campeã com Button. E o MGP W01, modelo da equipe, será prateado, como era esperado.<br><br> No museu da montadora em Stuttgart, a fábrica alemã fez uma apresentação do carro número 3, que será usado justamente por sua maior estrela, o alemão Michael Schumacher

    Depois de muita expectativa, a Mercedes GP mostrou seu carro para a temporada de 2010, em que entra na Fórmula 1 no lugar da Brawn GP, campeã com Button. E o MGP W01, modelo da equipe, será prateado, como era esperado.

    No museu da montadora em Stuttgart, a fábrica alemã fez uma apresentação do carro número 3, que será usado justamente por sua maior estrela, o alemão Michael Schumacher

A Fórmula 1 está muito perto de modificar ainda mais a estrutura de pontuação para a temporada 2010 depois que as equipes aprovaram um novo sistema, um pouco diferente do apresentado pela FIA no final do ano passado. A nova pontuação valoriza ainda mais as vitórias.

Pouco mais de um mês depois que o sistema antigo (10-8-6-5-4-3-2-1) foi substituído pelo formato igual ao da MotoGP (25-20-15-10-8-6-5-3-2-1), o Grupo de Trabalho Esportivo da Fórmula 1 se reuniu em Londres na última sexta-feira e aprovou a nova mudança, segundo o site da revista inglesa Autosport.

As equipes concordaram em aumentar a diferença entre o primeiro e o segundo colocados de cinco para sete pontos, e fizeram algumas mudanças com relação às outras posições da zona de pontuação. Dessa forma, o novo sistema de pontuação ficaria assim: 25-18-15-12-10-8-6-4-2-1.

A questão ainda tem de ser aprovada na reunião da Comissão de Fórmula 1 no próximo mês, antes de ser oficializada pelo Conselho Mundial da FIA. Mas aparentemente isso só seria uma formalidade, uma vez que as equipes já concordaram com as novas mudanças.

Apesar de uma nova mudança não ser o ideal para a Fórmula 1, principalmente depois de toda a repercussão criada pela primeira mudança anunciada em dezembro, o chefe da equipe Red Bull, por exemplo, acredita que o esporte sempre tem de estar pronto para modificar as coisas que considera estarem erradas.

Christian Horner espera que uma maior diferença entre o primeiro e o segundo colocados dará maior motivação para os pilotos lutarem pela vitória. “Acho que não se pode temer uma mudança se ela é para o melhor. Com mais pontos para os primeiros colocados, os pilotos não pensaram só em marcar pontos”, disse Horner à Autosport após a reunião em Londres.

“Não que os pilotos não queiram arriscar, mas se a diferença entre o vencedor e o segundo colocado for de dois pontos, isso não é o fim do mundo. Mas se a diferença for significativa, os pilotos ficam mais motivados para brigar por posições”, finalizou o chefe da Red Bull.

Ainda de acordo com a Autosport, as equipes também discutiram em Londres a possibilidade de dar pontos para o pole position e a melhor volta, o que não foi aprovado.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host