UOL Esporte Fórmula 1
 
EFE

Sebastian Vettel conseguiu levar a Red Bull à ponta pela primeira vez na temporada

17/02/2010 - 14h03

Vettel lidera em Jerez com tempo instável e novatas ficam para trás

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Nas mãos de Sebastian Vettel, a Red Bull conseguiu andar na frente pela primeira vez na temporada. Favorecido pelo tempo instável, o alemão fechou a abertura da segunda semana de testes coletivos da Fórmula 1 em Jerez, Espanha, com o tempo de 1min22s593, o melhor do dia. As novatas Lotus, em seu primeiro dia, e Virgin ficaram pelo menos 3s5 atrás das rivais.

FERRARI RECLAMA DAS CHUVAS EM JEREZ

  • Marcelo Pozo/Reuters

    Equipe sugeriu testes no Oriente Médio em 2011

Apesar de ter mostrado bom desempenho no início da tarde, quando a pista esteve seca e houve disputa pela ponta, Vettel não pode se conformar com o resultado. A chuva intermitente embaralhou as performances, e deixou as possíveis avaliações das escuderias ainda mais complicadas.

Segundo colocado com 1min23s017, Lewis Hamilton foi um dos que mais mostrou força no dia, tendo brigado com Felipe Massa e o próprio Vettel pelos melhores tempos no início da tarde.

O inglês, porém, foi um dos que causaram bandeira vermelha durante a sessão. Além dele, Massa, Paul di Resta e Rubens Barrichello (duas vezes) também pararam na pista em algum momento, e todas as escuderias minimizaram os acontecimentos.

A Ferrari, que se notabilizou por esconder a parte traseira do carro e reclamar da chuva no Twitter, fechou o dia com 1min23s204, à frente da Toro Rosso (1min23s322, com Sébastien Buemi) e da Sauber (1min23s367, com Pedro de la Rosa). Michael Schumacher, com a Mercedes, foi apenas o sexto com 1min23s803.

O mistério sobre o formato do difusor não é exclusividade da equipe italiana, que chegou a fazer Felipe Massa circular com um pano preto na traseira de seu carro. Em dias anteriores, a Red Bull e a McLaren também tinham usado o expediente no momento de recolher seu bólido para os boxes.

VEJA OS MELHORES TEMPOS DE JEREZ

Sebastian Vettel (Red Bull) 1min22s593
Lewis Hamilton (McLaren) 1min23s017
Felipe Massa (Ferrari) 1min23s204
Sébatien Buemi (Toro Rosso) 1min23s322
Pedro de la Rosa (Sauber) 1min23s367
Michael Schumacher (Mercedes) 1min23s803
Adrian Sutil (Force India) 1min24s272
Paul di Resta (Force India) 1min25s088
Vitaly Petrov (Renault) 1min26s237
Rubens Barrichello (Williams) 1min27s320
Fairuz Fauzy (Lotus) 1min31s848
Timo Glock (Virgin) 1min34s453

Com o pelotão intermediário embolado, as novatas ganharam destaque. Em seu primeiro dia como equipe oficial da Fórmula 1, a Lotus fez o 11º tempo (1min31s848), com o piloto de testes Fairuz Fauzy, andando 3s5 atrás de Barrichello, que foi o décimo.

“Setenta e seis voltas. Foi um grande dia, parabéns para Fauzy. Um grande dia para a Lotus. Um grande dia para vermos uma marca britânica novamente em ação. Um grande dia para a Malásia”, disse Tony Fernandes, dono da equipe anglo-malaia.

Já a Virgin decepcionou. Depois de ter apresentado um ritmo estável e boa velocidade no último sábado, quando Lucas Di Grassi andou perto dos rivais, a escuderia deu poucas voltas nesta quarta com Timo Glock. O baixo número de séries rápidas e o excesso de tempo nos boxes deixaram o alemão com a pior marca, de 1min34s453.

Sem chance de obter grandes informações, as equipes mais uma vez aumentaram a sua quilometragem. Rubens Barrichello, por exemplo, completou mais de cem voltas com a Williams e chegou a fazer simulações de corrida, inclusive com pit stops.

Agora, as escuderias se preparam para mais tempo ruim na próxima quinta-feira, quando a previsão é de chuva. Os treinos em Jerez acontecerão até o próximo sábado.
 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host