UOL Esporte Fórmula 1
 
04/03/2010 - 07h01

Após testes, Williams, Force India e Sauber surgem como possíveis surpresas

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Com o fim do reabastecimento, as equipes testaram diferentes condições em seus carros ao longo da pré-temporada, o que tornou difícil a avaliação de quem está mais forte para 2010. No entanto, em levantamento feito pelo UOL Esporte com os principais números dos 15 dias de testes coletivos, Williams, Force India e Sauber mostraram ter potencial para incomodar as favoritas.

INFOGRÁFICO MOSTRA OS DADOS DA PRÉ-TEMPORADA DA FÓRMULA 1

  • Arte UOL

A Sauber surpreendeu logo na primeira semana da pré-temporada, em Valência. O time suíço ficou com o terceiro e o quarto melhores tempos, com Kamui Kobayashi e Pedro de la Rosa, respectivamente. A equipe só ficou atrás dos carros da Ferrari, mas deixou as favoritas McLaren e Mercedes para trás.

Ao todo, a Sauber conseguiu se colocar entre os três melhores tempos em sete dos 15 dias de treinos, empatando com a Ferrari e perdendo apenas para a McLaren, líder nesse quesito, com oito. O time de Peter Sauber liderou a tabela de tempos em uma oportunidade, com Kamui Kobayashi no segundo dia em Jerez. No entanto, apesar de participar de todos os treinos da pré-temporada, a equipe foi apenas a sétima com maior quilometragem, rodando 5.108 km.

Neste quesito, foi a Williams que se destacou. O time inglês foi o segundo que mais testou, com 6.801 km rodados, ficando atrás somente da Ferrari, o que mostra que o time de Rubens Barrichello enfrentou poucos problemas de confiabilidade. Além disso, esteve cinco vezes entre as três mais rápidas, mesmo número que Mercedes e Red Bull.

FÁBIO SEIXAS ANALISA A PRÉ-TEMPORADA

Pit Stop: "Red Bull aparece como a melhor equipe da pré-temporada"

A Williams liderou dois dias de treinos. Rubinho foi o mais rápido uma vez em Jerez, enquanto Nico Hulkenberg liderou o segundo dia da última semana, em Barcelona. Os resultados do time deixaram o veterano piloto brasileiro confiante.

“Penso que a Williams pode ser uma das equipes que podem surpreender este ano. Mas é difícil julgar”, falou Barrichello, que desconfia que algumas equipes esconderam o jogo e não mostraram todo seu potencial durante a pré-temporada.

“Tem gente ainda guardando segredo. Algumas equipes foram muito bem em ritmo de corrida e acho que elas podem andar mais com pouca gasolina do que demonstraram. Temos um grupo muito equilibrado na frente, mas talvez a Ferrari e a Red Bull tenham algumas cartas na manga”, disse o brasileiro em entrevista ao Tazio.

Apesar de rodar apenas 4.088 km e não figurar entre as três primeiras em nenhum dia de treinos, a Force India mostrou velocidade justamente em Barcelona, pista onde a comparação ficou um pouco mais clara, já que todas as equipes chegaram a testar com o carro leve, com configuração de classificação.

Adrian Sutil cravou o quarto melhor tempo daquela semana, a última da pré-temporada, quando os 12 primeiros colocados ficaram separados por apenas meio segundo, o que mostrou grande equilíbrio. Hulkenberg ficou com o quinto tempo, enquanto Barrichello foi décimo. A Sauber ficou um pouco atrás, com Kobayashi em 11º, seguido por seu companheiro De la Rosa.

*Reportagem de Guga Fakri, Gustavo Franceschini e Rubens Lisboa

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host