UOL Esporte Fórmula 1
 
11/03/2010 - 11h35

Estreando na Williams, Barrichello vê Mundial desafiador e "em aberto"

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O piloto brasileiro Rubens Barrichello é favorável à opinião de que a Fórmula 1 2010 promete ser uma das mais equilibradas da história. Não só pelo fato de estar recheada de estrelas, mas também pelas mudanças na parte técnica, como com o fim dos reabastecimentos.

Além de tudo, o veterano brasileiro está de time novo, na Williams, e apesar da confiança ainda não sabe definir onde se encontrará no grid. “Eu acho que ninguém sabe realmente em que condições está”, disse Barrichello, em entrevista à Autosport.

“Um ponto bom é que nunca vi a F-1 tão em aberto quanto agora. Em 1993, você tinha a Williams muito à frente com a McLaren brigando com Senna por bons tempos. No ano passado, usávamos 50 ou 60 quilos de gasolina. Alguns, 40. Agora pode ser qualquer coisa entre 10 e 170! Então está tudo em aberto e eu acho muito legal este tipo de desafio”, analisou ele.

Para Barrichello, o piloto terá de usar mais a cabeça durante a prova, para evitar desgaste de pneus e freios, de forma a não prejudicar o restante da corrida.

Sobre as favoritas, o brasileiro preferiu se esquivar, pelo fato de não se saber as condições das escuderias durante os testes de pré-temporada. No entanto, aposta na Red Bull como carro a ser batido a princípio, pela velocidade mostrada.

Recordista de GPs disputados, Barrichello diz que ainda se sente animado em começar mais uma temporada. “Minha mulher diz que eu pareço jovem, então acho que ela quer dizer que pareço mostrar ânsia em deixar o hotel e entrar na pista”, completou.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host