UOL Esporte Fórmula 1
 
18/03/2010 - 17h36

Circuito de Monza renova com a F-1 para receber o GP da Itália até 2016

Das agências internacionais
Em Roma (Itália)
  • Ecclestone pretende que a corrida urbana de Roma integre o calendário a partir de 2013. Assim, a Itália passaria a receber dois grandes prêmios de F-1

    Ecclestone pretende que a corrida urbana de Roma integre o calendário a partir de 2013. Assim, a Itália passaria a receber dois grandes prêmios de F-1

O tradicional circuito de Monza receberá o Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 até 2016. O anúncio da renovação do acordo com a categoria foi feito nesta quinta-feira por Claudio Vigan, presidente da gestora da pista, a Sias, em uma coletiva de imprensa. O autódromo italiano tinha contrato com a FOM (Formula One Management), empresa que promove a F-1, até 2012.

De acordo com a imprensa italiana, não foram divulgados detalhes financeiros sobre a prorrogação do contrato. O anúncio parece colocar um fim nas especulações de que a cidade de Roma passaria a receber o GP da Itália em detrimento de Monza.

Mesmo sem receber o GP da Itália, Roma está praticamente certa no calendário da Fórmula 1 nos próximos anos. De acordo com o responsável pelos direitos comerciais da categoria, o inglês Bernie Ecclestone, a F-1 passará a ter 20 corridas a partir de 2013 com a corrida urbana na capital italiana como principal novidade. 

"Roma vai vir para o calendário em 2013. Nós teremos 20 corridas e as equipes ficarão felizes com isso", afirmou o dirigente para a revista alemã Speedweek há algumas semanas. 

O prefeito de Roma, Gianni Alemanno, divulgou um comunicado nesta quinta comentando o anúncio da prorrogação do contrato de Monza com a FOM. “Isso demonstra de maneira inequívoca como todas as acusações lançadas contra nós de querer roubar o GP da Itália de Monza não tinham nenhum fundamento”, afirmou o prefeito.

 

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host