UOL Esporte Fórmula 1
 
REUTERS/Vodaphone

Hamilton veleja em barco antigo da America's Cup, antes do GP de Melbourne de F-1

24/03/2010 - 08h17

Hamilton diz que escândalo na Austrália em 2009 o tornou mais forte

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O britânico Lewis Hamilton volta às pistas neste fim de semana, no GP da Austrália de Fórmula 1, exatamente um ano após um escândalo que abalou sua imagem. Após o caso lembrado pela mentira dele e da McLaren, no entanto, o campeão do mundo de 2008 disse ter se tornado ainda mais forte.

SCHUMACHER FAZ VISITA A AQUÁRIO

  • Paul Broben/AFP

    Michael Schumacher participa de evento antes do GP de Melbourne, seu segundo após o retorno

No incidente de Melbourne, o piloto da McLaren chegou ao pódio do GP depois de afirmar que Jarno Trulli o ultrapassou durante um período com safety car na prova. No entanto, ele seguiu instruções de seu time para deixar o italiano passar naquele momento.

Apesar de perder a terceira colocação e cogitar até deixar a categoria, Hamilton se manteve na F-1. “Eu sempre tive boas experiências na Austrália e não vejo o que passei no ano passado como algo ruim”, disse Hamilton, segundo o Autosport.

“Vejo que foi uma pedra colocada no meu caminho e que tive de aprender muito com o que passei”, completou. Hamilton iniciou a temporada de 2010 com uma terceira colocação no GP do Bahrein, ficando atrás apenas das Ferraris de Fernando Alonso e Felipe Massa, respectivamente. Correr na Austrália anima o britânico.

“No meu primeiro ano em Melbourne, consegui meu primeiro pódio, na corrida de estreia na F-1. Em 2008, venci. E ano passado não posso esquecer que fiz uma grande corrida. Eu vim de trás do grid para acabar no pelotão da frente, então foi uma ótima experiência”, analisou Hamilton.

O piloto ressaltou que 2009 foi um ano complicado, mas que esta temporada promete um futuro melhor para a sua equipe, agora contando com Jenson Button. A expectativa é de que, após quebrar o gelo na abertura do Mundial, o modelo MP4-25 mostre mais força.

“Nós temos uma chance de vencer neste fim de semana e podemos chegar no limite. Estou confiante de que podemos ir bem”, disse ele, que concluiu comentando a relação com Button. “Temos uma amizade mais relaxada fora do carro. Eu me sinto privilegiado de correr ao lado de um campeão e estamos com um bom clima na equipe.”

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host