UOL Esporte Fórmula 1
 
25/03/2010 - 07h29

Ecclestone sonha em levar a Fórmula 1 para Nova York em 2012

Das agências internacionais
Em Roma (ITA)

O chefão da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, tem planos grandiosos para 2012, na expectativa de fazer com que a categoria máxima do automobilismo volte aos Estados Unidos. Sua meta é realizar um GP norte-americano na cidade de Nova York.

“Estou tentando, para 2012, ter a imagem de Manhattan, com seus arranha-céus ao fundo”, disse Ecclestone, em entrevista ao jornal italiano La Gazzetta dello Sport, nesta quinta-feira. A categoria se prepara para a segunda etapa do ano, na Austrália, neste domingo.

“Um circuito a 15 minutos do centro de Nova York. Seria um sonho”, adicionou o mandatário. Durante a história da Fórmula 1, nove circuitos sediaram corridas nos Estados Unidos, incluindo projetos audazes como este, a exemplo do feito na década de 1980, em Las Vegas.

O último GP dos EUA aconteceu em 2007, quando a Fórmula 1 levou seus carros para uma corrida em uma pista mista dentro do tradicional circuito de Indianápolis.

Ecclestone ainda comentou em entrevista ao diário italiano que não veria com estranheza a volta de Flavio Briatore à Fórmula 1. Ele reverteu a decisão de banimento da Fórmula 1 após o escândalo envolvendo Nelsinho Piquet e a Renault.

“Acho que ele poderia ter um bom papel na promoção da Fórmula 1”, analisou o dirigente. No entanto, Briatore deu declarações recentes em que disse não ter interesse em voltar à categoria.

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host