UOL Esporte Fórmula 1
 
25/03/2010 - 13h15

"Se usasse meu outro sobrenome, me chamariam de covarde", diz Bruno Senna

Do UOL Esporte
Em São Paulo

Bruno Senna participou pela primeira vez da tradicional coletiva oficial da FIA nesta quinta-feira, no circuito de Albert Park, na Austrália. Ao lado de Vitaly Petrov (Renault), Jarno Trulli (Lotus) e Mark Webber (Red Bull), o piloto da Hispania respondeu às perguntas dos jornalistas e, mais uma vez, teve de falar sobre o peso de seu sobrenome.

Apesar de deixar claro que tem consciência de que “99% dos repórteres” insistem em falar sobre a relação de Bruno com o tio tricampeão do mundo e o quanto isso pode ser irritante para o brasileiro, um jornalista estrangeiro quis saber qual era o nome que estava no documento de identidade do piloto.

“Meu nome é Bruno Senna Lalli. Esse é meu nome de nascença”, respondeu. O jornalista então quis saber se Bruno se irritava pelos jornalistas o chamarem pelo nome do meio e não pelo nome que herdou de seu pai, como é de praxe. O sobrinho de Ayrton Senna mostrou maturidade na resposta.

A AGENDA EM MELBOURNE

1º treino livre: quinta, 22h30
2º treino livre: sexta, 02h30
3º treino livre: sábado, 00h00
Classificação: sábado, 03h00
Corrida: domingo, 03h00

“Não é minha escolha. Não teria sentido eu começar minha carreira como Bruno Lalli, porque assim que as pessoas soubessem que eu era parente do Ayrton, me chamariam de covarde por esconder isso. Simplesmente assumi que as pessoas me chamariam de Bruno Senna. Não tenho escolha quanto a isso”, respondeu o piloto da Hispania.

Bruno também admitiu que ele e sua equipe têm como principal objetivo para este domingo completar o GP da Austrália. Questionado se não era difícil para ele, com o sobrenome que tem, começar a carreira com uma meta elementar como essa, Bruno respondeu:

“Não me vejo como uma pessoa diferente das outras só por causa do meu sobrenome. É óbvio que seria ótimo começar com um carro que me permitisse brigar por vitórias. Mas essa é a oportunidade que me foi dada.”

E continuou: “Mas é claro que não estou aqui só pelo meu sobrenome. Tenho resultados em minha curta carreira que me qualificam para ter uma superlicença. Portanto, acho que tenho o direito de estar aqui tanto quanto qualquer outra pessoa que tenha os mesmos resultados.”

Compartilhe:

    Placar UOL no iPhone

    Hospedagem: UOL Host